Michael Joe Jackson Nós Te Amamos!

Nós Te Amamos!

Murray andando pelo hospital.


Créditos: Lyllyan. Beijos Marila Hoppe

Vídeo mostra médico de Michael Jackson andando pelo hospital

Olá,

Dr. Conrad Murray foi filmado ansioso passeando em volta da sala de espera da UCLA Medical Center depois que Michael Jackson morreu em 25 de junho, 2009 e as filmagens foram apresentados apenas no tribunal.

Para assistir o vídeo, clique aqui:

092811_conrad_still

Os promotores afirmam que a fita mostra o Dr. Murray deixando o hospital por volta das 16:36 naquele dia, ou seja, duas horas depois que MJ foi declarado morto.

A defesa contrariou a alegação dos promotores e mostrou outras imagens adicionais onde aparece o Dr. Murray no hospital por volta das 17:00.

Para assistir o vídeo, clique aqui:

0928_additional_footage_launch_SUB

seguranca-de-michael-jackson-disse-que-prince-e-paris-viram-tudo

Nossa!!! Tem muita história ainda este caso…

Lyllyan

Fonte: TMZ

Fonte: Lyllyan em  http://newspressrelease.wordpress.com/2011/09/28/video-mostra-medico-de-michael-jackson-andando-pelo-hospital/

Minha consideração:

Ainda temos um longo caminho pela frente, porque isto é apenas o começo de tudo, enquanto isto ficamos vendo tudo aqui do nosso camarim vip esperando por respostas que ainda não foram dadas! Beijos Marila Hoppe

 

 

 

 

 

 

 

 

 


28/09/2011 Posted by | Uncategorized | 5 Comentários

Faheem Muhammad.


Créditos: Lyllyan. Beijos Marila Hoppe

Segurança de Michael Jackson disse que Prince e Paris viram tudo

Olá,

O chefe da segurança de Michael Jackson, Faheem Muhammad, afirma que Prince e a Paris testemunharam o Dr. Conrad Murray tentando desesperadamente resuscitar o pai deles pela manhã quando ele morreu, e foram tirados do quarto.

Para assistir o vídeo, clique aqui:

Muhammad testemunhou que Paris estava “no chão, enrolada e chorando”, e Prince “ficou chocado e, chorava lentamente.”

Muhammad disse que Michael Jackson parecia estar morto quando ele chegou ao local – e quando ele percebeu que Prince e a Paris estavam na porta, logo os levou para baixo.

Muhammad contou que quando ouviu o Dr. Murray perguntando se alguém sabia fazer CPR, logo seus companheiros ouviram e o segurança Alberto Alvarez correu para ajudar.

Uma vez que MJ foi declarado morto, o assistente de MJ,  Michael Amir Williams comentou com ele o pedido do Dr. Murray em esconder os “cremes” e é aí os dois concordaram em não deixar mais o Dr. Murray voltar a casa.

Muhammad também contou que MJ visitava o consultório do Dr. Arnold Klein várias vezes por semana e muitas vezes saiu “um pouco tonto”,  mas nunca explicou o porquê. De acordo com Muhammad, MJ, uma vez lhe disse: “Você deve pensar que estou louco para ir todos os dias no Dr. Klein.”

medico-de-michael-jackson-ligou-desesperado-para-o-assistente-pessoal-do-cantor

Até hoje eu não consigo me conformar como é que é que um Cardiologista não sabe fazer massagem cardíaca… É demais para qualquer pessoa uma coisa desta… Só pode ter comprado o diploma!

Lyllyan

Fonte: TMZ

Fonte: Lyllyan em http://newspressrelease.wordpress.com/2011/09/28/seguranca-de-michael-jackson-disse-que-prince-e-paris-viram-tudo/

Minha consideração:

O mais engraçado é que esse Faheem Muhammad também é um dos nomes que Michael utilizava para comprar remédios controlados e usar, a pessoa tem que autorizar o uso do seu nome para este motivo, e foi o que esse rapaz deve ter feito, agora ele é testemunha, o mais engraçado é que os filhos de Michael estão muito bem conforme o que eles podem ter visto do que Faheem relatou hoje! É estranho isso tudo, conforme eles vão testemunhando, mais perguntas vão surgindo entre nós e nada é respondido! Beijos Marila Hoppe

Veja no link abaixo a lista dos nomes que ele usava para os remédios:

http://michaeljoejacksonvivo.com/2011/01/08/sobre-alguns-nomes-que-ele-usou-para-os-remedios-controlados/


28/09/2011 Posted by | Uncategorized | 4 Comentários

Amir Williams


Créditos: Lyllyan. Beijos Marila Hoppe

Médico de Michael Jackson ligou desesperado para o assistente pessoal do cantor

Olá,

Assistente pessoal de Michael Jackson, Amir Williams deu seu depoimento, pois de acordo com os promotores o Dr. Conrad Murray teria deixado uma mensagem de voz em desespero no telefone de Williams no dia m que MJ morreu.

0928_murray_voicemail_launch3

Williams disse que MJ estava de bom humor na noite do dia 24 de junho de 2009 que foi o dia de seu último ensaio. Ele disse que o ensaio foi “incrível”.
0928_Faheem_Muhammad_trial

No dia seguinte, Williams recebeu uma mensagem desesperada do Dr. Murray às 12:13pm dizendo: “Me ligue imediatamente”. Quando ele ligou de volta, Dr. Murray disse que MJ tinha tido uma “reação negativa” e para “trazer alguém aqui imediatamente”.

Quando ele chegou lá, a primeira coisa que ele viu foi MJ sendo levado para fora da casa em uma maca. Ele disse que o Dr. Murray parecia “desvairado”.

Williams disse que depois que ele soube da morte de Michael, o Dr. Murray chegou até ele e disse que havia “existia alguns creme que Michael usava e não queria que o mundo soubesse.” Então, o Dr. Murraypediu para ele levar os cremes para a casa e que depois iria buscá-los.

0928_conrad_murray_oxygen
Depois de verificar com o chefe da segurança de MJ, Faheem Muhammad, eles decidiram não deixar o Dr. Murray entrar mais na casa…

Williams disse que era “normal” ter tanques de oxigênio na casa de MJ.

Williams disse para o Ed Chernoff, que  ele nunca contou à polícia sobre o estranho pedido de Murray até dois meses após a morte de Michael.

Williams disse para  Chernoff que o Dr. Murray nunca lhe pediu para chamar o 911.

Williams testemunhou que ele tinha visto Michael falar “mais lento”, depois que sai do consultório do Dr. Arnold Klein – onde a defesa diz que Michael ficou viciado em Demerol.

medico-de-michael-jackson-exigiu-maquina-de-cpr

Lyllyan

Fonte: TMZ

Fonte: Lyllyan em http://newspressrelease.wordpress.com/2011/09/28/medico-de-michael-jackson-ligou-desesperado-para-o-assistente-pessoal-do-cantor/

Minha consideração:

Eu já havia comentado algumas vezes e vou comentar novamente, esse Amir Williams é um dos nomes que estavam na lista dos 19 nomes que Michael Jackson usava para comprar remédios controlados, o estranho é que eles não levaram em conta isso, mas como tudo é estranho nesse caso, fica por isso mesmo! Beijos Marila Hoppe

Veja no link abaixo a lista dos nomes que ele usava para os remédios:

http://michaeljoejacksonvivo.com/2011/01/08/sobre-alguns-nomes-que-ele-usou-para-os-remedios-controlados/


28/09/2011 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário

Exigiu máquina de CPR.


Créditos: Lyllyan. Beijos Marila Hoppe

Médico de Michael Jackson exigiu máquina de CPR

 Olá,

A advogada da AEG Live, Kathy Jorrie apenas deu seu depoimento, pois foi  Jorrie quem redigiu o contrato entre a AEG, Dr. Murray e Michael Jackson.

0928_Kathy_Jorrie_trial2

Jorrie disse aos promotores que o Dr. Murray teve problemas com uma parte do contrato, dizendo que queria receber o pagamento mensal de $ 150.000 somente durante o período que não começasse a turnê  ”This Is It”.

Dr. Murray também pediu uma máquina de CPR no contrato. Quando Jorrie perguntou-lhe por que ele precisa de uma máquina CPR, o Dr. Murraydisse que, dada a idade MJ e a natureza árdua dos shows que ele não queria correr nenhum risco.

Jorrie disse que conversou com o Dr. Murry em 24 de junho e o médico lhe disse que tinha visto Michael ensaiando e que ele estava com a “saúde perfeita.” Este foi um dia antes de morrer.

medico-de-michael-jackson-queria-muito-dinheiro-para-trabalhar-com-o-cantor

Isto está um disse-me-disse… Ninguém fala nada com nada e nem igual a ninguém… Incírvel!!!

Lyllyan

Fonte: TMZ

Fonte: Lyllyan em http://newspressrelease.wordpress.com/2011/09/28/medico-de-michael-jackson-exigiu-maquina-de-cpr/

Minha consideração:

Mas isso corrobora o que Murray tinha dito um tempo atrás, de que pediu essa máquina e não deram para ele, mas é verdade Lyllyan, isto está um diz que me diz daqueles! Beijos Marila Hoppe

 

 

 


28/09/2011 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário

O primeiro dia!


Créditos: Pri Abrantes. Beijos Marila Hoppe

O primeiro dia do Julgamento de Conrad Murray

27 27America/Bahia setembro 27America/Bahia 2011

Olá boa noite,

Eu sei que todos estão entorpecidos por esse dia tão “assustador” que foi o 27 de Setembro de 2011, mas acredito que nada poderá ser pior do que o dia 25 de Junho de 2009.

Confesso que também estou, afinal sou uma fã assim como você.

Eu gostaria de conseguir responder a todos que me procuram buscando uma base para segurar, mas eu não consigo atender a todos. Fica aqui a minha resposta para aqueles que assim como eu, ainda acredita que muitas coisas estão por vir. Tenha fé, cabeça aberta, paciência, sabedoria e acima de tudo: perseverança. Como dizem por ai: uma formiga move mais do que um boi dormindo.

Mas mesmo perante tanta coisa assustadora, existe algo que me move e logo me desperta me mantendo sempre com FOCO!

E agora mais do que nunca precisamos de FOCO!

Você pode balançar sim, mas nunca cair.

Depois de 2 anos de tantas angústias e sofrimento, acho que agora estamos prontos para tirar isso de letra.

Acredito que cada um deve reagir conforme a sua natureza, e não cabe a mim julgar isso. Só peço que POR FAVOR não esqueça de tudo que você já viu.

O principal objetivo aqui é: existe uma morte, e essa morte deve ser INVESTIGADA.

Não importa se Michael morreu ou não, o fato é que DEVE existir um Julgamento.

Por mais que a minha seriedade seja absurda para alguns, eu estou assim como 90% dos fãs buscando a Justiça.

Os próximos dias serão cansativos, dificieis e  até um teste de paciência. Mas o nosso futuro amados depende disso.

Primeio dia do Julgamento de Michael Jackson:

(Na foto acima diz que Murray conheceu Michael Jackson em 2006)

Resumo da TMZ:

* Michael Jackson confiou a sua vida nas habilidades médicas de Dr. Murray, e teve assim uma “confiança equivoca”

* A causa da morte foi uma overdose de Propofol, administrado pelo Dr. Murray

* Vamos provar que Conrad Murray repetidamente agiu com uma negligência grosseira e incompetência

* Murray explicou que receberia US $ 150.000 por mês

* Murray fez acordo com uma farmácia para comprar grandes quantidades de Propofol

* Murray mentiu para o farmacêutico, dizendo que ele tinha uma clínica em Santa Monica

* Em 10 de maio de 2009 Murray fez uma gravação de voz em seu iPhone, onde a gravação denota MJ sob a influência de “agentes desconhecidos”, e com Murray sentado ao seu lado. Ele mostra que Murray sabia sobre o estado Michael

* Nas semanas que antecederam a morte de MJ ele estava frio, com tremores e devagar,  mas Murray manteve ele dando Propofol, e Kenny Ortega disse em seu testemunho que MJ não estava bem

* Uma reunião foi realizada na casa de Michael em 20 de maio de 2009. Murray repreendeu Ortega por expressar suas preocupações sobre  a sua saúde de MJ, dizendo que ele era o médico e  acrescentou: “Michael está fisicamente e emocionalmente bem. Eu sou o médico”.

* No dia da morte de Michael o cantor chegou em casa, e Murray passou a noite na casa dele – como fazia todas as noites cerca de 1-2 meses, com a finalidade de colocá-lo para dormir com propofol.

* Walgren disse que Michael morreu em sua cama, e que ele estava clinicamente morto quando os paramédicos chegaram.

* Murray fez inúmeras mensagens telefônicas e ligações, enquanto estava sentado ao lado de Michael. Ele fez oito telefonemas, o último às 11:51 para uma namorada, até que Murray percebeu que havia uma emergência.

* Murray chama o guarda-costas Alberto Alvarez e diz que Michael Jackson teve uma “reação negativa”.

* Murray instrui Alvarez para esconder as provas dentro de um saco azul, colocar dentro dele uma  garrafa de Propofol,  e de acordo com Walgren a tal  garrafa que tinha a dose fatal

* 911 foi chamado às 12h20. Walgren diz que quando os paramédicos chegaram, MJ já estava morto

* De acordo com os paramédicos que atenderam Michael, em nenhum momento Murray disse que deu propofol para MJ. Quando os paramédicos perguntaram o que ele deu para MJ, Murray mentiu ao dizer que deu outra dose, mas não mencionou o propofol

* Os paramédicos disseram que Michael estava morto, mas Murray insistiu que ele fosse transportado para UCLA

* Os médicos do UCLA perguntaram para Murray que drogas ele tinha dado a MJ, mas Murray nunca mencionou Propofol

* Dois dias depois da morte de MJ, Murray encontrou-se com detetives da polícia de Los Angeles, e disse que ele estava dando doses noturnas de propofol para MJ todos os dias, por mais de dois meses para colocá-lo para dormir. Esta é a primeira vez que Murray mencionou o propofol.

* MJ disse para Murray em torno de cinco horas que ele precisava dormir, e eles concordaram que o Propofol era a melhor saída. Murray disse que deu 25 miligramas de Propofol, mas isso só iria colocá-lo para dormir por alguns minutos. Os promotores dizem ele deu muito mais do que isso para Michael.

* Murray explicou à polícia que ele foi ao banheiro para urinar, e quando voltou dois minutos mais tarde descobriu que MJ não estava respirando. De acordo com o Ministério Público isso é chamado de “abandono médico”, quando você deixa um paciente sozinho.

* O promotor disse que Murray esteve ao telefone durante 45 minutos, depois que deu Propofol para Michael

* Conrad Murray agiu com negligência grosseira, e não estava agindo pensando no melhor para MJ. Ele estava trabalhando para obter os  U$ 150.000 por mês.

Ok!

Vamos lá..

Eles dizem:

“Em 10 de maio de 2009, Murray fez uma gravação de voz em seu iPhone, onde a gravação denota MJ sob a influência de “agentes desconhecidos”, e com Murray sentado ao seu lado. Ele mostra que Murray sabia sobre o estado Michael”

Video da gravação:

Damn!

O que é isso?

Isso é realmente Michael Jackson?

O que me parece é uma voz com aplicação de efeito, tendo como base é claro de que seria Michael.

Eu vi muitos fãs se “apavorando” por causa disso, até porque denota o quanto a pessoa está de fato “drogada”, mas eu acho que elas não pensaram na seguinte questão:

– Por que raios Murray gravou isso?

– Qual era o PRAZER e objetivo de Michael em gravar isso?

Pensem!

Era como se eles soubessem que Michael ia morrer 3 meses depois, e que o Juiz ia usar isso no Julgamento de Murray

Quero dizer,

O que leva um médico NEGLIENTE que além de “matar” o paciente, me grava o paciente totalmente dopado?

FOCO na tradução:

“Temos que ser fenomenais. Quando as pessoas deixarem esse show, quando as pessoas deixarem o meu show, eu quero que elas digam: “Eu nunca vi nada como isso na minha vida”. Vamos, vamos, vamos! Eu nunca vi nada como isso. Vamos! É incrível! Ele é o maior artista do mundo. Eu vou levar esse dinheiro a milhões de crianças, hospital infantil, o maior do mundo. O Hospital Infantil de Michael Jackson.

WTF!

A contradição é gritante!

Kenny Ortega disse HOJE no tribunal que Michael estava excitado com This is it, e que estava no topo da sua criatividade, quando ele começou a repetir “This is it, this is it”, foi quando Kenny disse que ele decidiu chamar a turnê assim.

Sim meu caro, eu nunca duvidei que Michael estava FELIZ em This is It. Isso é óbvio!

É tão ÓBVIO que mesmo dopado, ele diz na fita que queria que fosse o maior show,  e que as pessoas saíssem e falassem:

– Eu nunca vi algo assim em toda a minha vida!

Kenny ainda disse que MJ falou:

– Esse é o momento certo para fazer isso, farei isso para os meus fãs e meus filhos

Então quem pode afirmar o contrário?

Em 2002 Michael assumiu em FITA que era viciado em remédios, mas me parece que as pessoas não se lembram muito disso.

Mas voltando ao “x” da questão, por mais que essa fita seja assustadora, ela nos trás algo FASCINANTE.

E esse tipo de coisa que você só consegue ver, se nessas horas deixar de lado o seu lado “emocional”

A incrível fita de Murray (que gravou sem querer querendo..), nos denota que Michael tinha como planos usar “This is it” para investir como doações para o Hospital da Criança. Tanto é que nós já vimos também essa mesma descrição em bilhetes deixados no quarto de Michael (que me parece que o Juiz esqueceu disso..), e na gravação de “We are the world” e “Earth Song” depois de sua morte.

Mas o interessante mesmo é que por “coinciência” do destino, os filhos de Michael no dia 08 de Agosto de 2011 estiveram recebendo uma cerimônia de homenagem no Hospital das Crianças de Los Angeles, e doaram desenhos para serem leiloados.

Coincidência?

Tudo bem você pode pensar que familia decidiu colocar isso em ação, mas essa fita é de MURRAY e não da família, e estava sob responsabilidade da Justiça.

Agora se a família já sabia disso, dai é outra hipótese. Mas a fita é de Murray [..]

Independente se é coincidência ou não, o fato é que mesmo drogado Michael sabia o que queria fazer, quais eram os planos, e principalmente queria colocar “O maior espetáculo da Terra” em prática

Ainda no começo da gravação Michael diz:

 “Eu quero falar..”

Como se ele quisesse deixar suas palavras registradas, e insiste para que o médico grave sua voz. Ou seja: mesmo “dopado” , ele me parece consciente.

Consegue me acompanhar?

Ele mesmo pede para falar!

O que leva um médico NEGLIENTE que além de “matar” o paciente, me grava o paciente totalmente dopado? +1

Isso me parece armado #prontofalei

A promotoria no caso poderia protestar essa prova, ao argumentar que a gravação não teve autorização de Michael, e sendo assim não pode ser considerada como PROVA, pois isso é contra lei. Por outro lado quando ouvimos “Eu quero falar..”, Michael está de certa forma permitindo o uso disso para DEFENDER Murray

FOCO!

Então Murray continua…

Uma gravação de 2009 é revelada onde Murray diz que Michael Jackson chamava o propofol de “leitinho”:


Confira o video da gravação aqui

Eu disse: “Você tem o propofol agora”, o qual ele se referia como o leite, “Muito tempo agora, quanto sono você espera ter? E ele disse: “Basta me fazer dormir”, não importa o tempo que eu me levante “.

Eu disse: “O que vai acontecer com você? Seu ensaio já está agendada para hoje “. Ele disse: “Eu não posso funcionar se eu não durmir. Vão ter que cancelá-lo. E eu não quero para cancelá-lo, mas eles vão ter que cancelá-lo “. Então eu concordei na época que eu iria mudar o … até o propofol “

O que isso representa?

Isso somente AJUDA  a afirmar o que já foi dito no video ACIMA, vindo da própria boca que supostamente é de Michael, onde o mesmo denota fascinio, vicio e necessidade de propofol.

De acordo com a CNN a família ficou “decepcionada” ao ouvir o próprio Michael pedindo propofol.

La Toya Jackson deu entrevista dizendo novamente sobre uma “conspiração” na morte de Michael, mas não diz claramente quem são os envolvidos. A própria jornalista questiona o porquê ela não é mais clara e objetiva.

RESUMINDO:

Estratégia “inteligente” da defesa: Michael aproveitou que  Murray foi ao banheiro, e aplicou nele mesmo o propofol. Entra aqui contradição que ele não poderia fazer isso sozinho,  pois estava drogado, e com base nisso não teria a consciência de aplicar nele mesmo uma alta quantia que causaria a própria morte.

= Michael Jackson causou a própria morte (de acordo com a defesa)

Por outro lado no áudio vemos CLARAMENTE Michael em desespero pedindo por propofol, porque precisava fazer os 50 shows, e sabia que eles não iam cancelar.

Entra aqui os argumentos de Joe Jackson que disse que Michael não queria fazer os 50 shows, e que sabia que o filho arranjaria um jeito de não fazer isso.

Matéria do G1:

Michael Jackson causou sua própria morte ao tomar o remédio enquanto o médico estava fora do quarto”, disse, por volta das 15h desta terça-feira (27), o advogado Ed Chernoff, que defende o médico Conrad Murray, acusado de homicídio culposo (quando não há intenção de matar). “Ele [Jackson] fez algo sem o conhecimento do seu médico, sem a permissão do médico, contra as suas ordens. Ele fez um movimento que causou sua própria morte”, acrescentou Ed Chernoff em seu discurso de abertura para o Tribunal Superior de Los Angeles.

O julgamento do médico  começou por volta das 13h desta terça-feira. Ele é acusado de matar sem intenção o cantor, que teve uma parada cardíaca há cerca de dois anos. Integrantes da família Jackson e fãs do astro foram ao tribunal de Los Angeles acompanhar o julgamento.

Na abertura da sessão, o promotor David Walgren mostrou aos jurados uma imagem de Michael Jackson e relembrou os últimos momentos de vida do cantor, entre o último ensaio até o atendimento de paramédicos. “O que aconteceu durante esse período foi que os atos e omissões do médico pessoal de Jackson causaram diretamente sua morte prematura”, disse o promotor. “A confiança em Murray custou ao cantor sua própria vida”, completou

Faça sua escolha!

Mas o que me realmente intriga é que se a prova mais forte vinda de Murray; que é o video de gravação acima; fosse uma prova falsa, por que a família ou o promotor não questionou isso?

Quer prova mais CONCRETA do que a própria voz dele?

#reflita!

Bem,

Vamos para outros detalhes.

Um suposto fã apareceu na parte externa do Tribunal, usando uma máscara de “V de Vingança” e flores de girassol na mão:

Desculpa, mas eu ri.

Cale a boca!Cale a boca!

Isso poderia ser “ignorado” se ele fosse o único a trazer consigo esses elementos, mas podemos observar abaixo que La Toya Jackson chegou com um girassol na mão, assim com um homem que supostamente faz parte da segurança da família, também esteve acompanhando o Julgamento, e apareceu com um girassol nas mãos ao sair do Tribunal. Alguns fãs vieram me dizer que os polícias também estavam com girassol na mão, mas nada confirmado ainda.

Também foi notado uma campanha de “fãs” do Murray na área externa, que levaram cartazes dizendo que estão o apoiando. Se eu não me engano é o mesmo cartaz da semana retrasada:

Agora me responde seriamente:

– La Toya Jackson não sabe o significado de “girassol”para os beLIEves?

#cláudia

“Era a flor predileta de Michael..”

Jura? Antes de Lisa Marie Presley dizer isso em público, ninguém da família tinha falado tal coisa.

F.O.C.O!

Então diante de tantas “surpresas” (ou não), eis que surge algo que fez eu PARAR o meu dia para pensar, pensar e pensar.

Depois de tanto questionamento:

– Cade a foto de Michael Jackson morto?

Finalmente eles resolveram divulgar uma foto.

Eu vi os fãs se apavorarem com isso.

Foi ai que me perguntei:

– Por que?

Você não acha estranha essa foto surgir LOGO agora?

Como se não bastasse tudo isso, a foto carrega consigo um imagem tão sem sentido, que poderia até servir de plataforma para uma Lenda Urbana

É sério! Isso é assustador.

A foto é essa, onde supostamente se trata de Michael morto no hospital:

Vamos refletir?

Primeiro: De acordo com a promotoria que representa a familia de Michael, foi dito HOJE no tribunal que Michael já estava morto quando os paramédicos chegaram, e que Murray insistiu para levarem ele morto para o UCLA

Ok!

Então eu pergunto:

– O que uma pessoa morta faz com instrumentos de socorro no rosto? Ele já não saiu morto da casa? Socorrendo um morto..

– Por que que uma pessoa morta está em posição vertical, quando ela deveria estar na horizontal?

– Por que os paramédicos aceitaram levar uma pessoa morta para o hospital?

– Por que os paramédicos simularam um socorro, sendo que ele já estava morto? Eles também não deveriam ser considerados “cúmplices” de Murray?

O segurança que ajudou a esconder os frascos, também deveria estar sendo investigado.

Outros erros!

– Michael Jackson está na ambulância SEM roupa, mas na maca está com roupa

– Michael Jackson em This is it está com cabelo crespo e mais comprido, mas o que vemos na foto da maca é ele com cabelo liso e curto.

Isso me fez lembrar a foto de “Blue Eye”, onde o mesmo aparece com cabelo curto. #Shiu!

– Michael Jackson tinha acabado de passar por um processo de socorro, então como ele se encontra com um cabelo tão liso e arrumado?

Dúvidas?

No mesmo dia foi tirado a foto da ambulância, e podemos ver CLARAMENTE a diferença do cabelo em ambas:

Jesus Christ!

Essas fotos foram tiradas em menos de 24 horas [..]

Já pararam para pensar em tal coisa?

– Por que tanto a foto da ambulância como a foto da UCLA, só existem apenas uma ÚNICA foto desses ambientes?

Me desculpa, mas isso é falso.

[CONT..]

Consegui uma foto dessa mesma maca em que Michael está deitado, e podemos ver que falta a parte de trás da mesma.

Observe também o ombro de Michael Jackson, que além de não estar equilibrado com o ombro direito, parece muito mais longo do que o próprio braço.

Agora vem a melhor parte (risos)

Me parece que amputaram o Michael, porque as pernas dele ficaram totalmente desproporcional quando comparado ao tamanho do corpo:

Oi?

Cade o pé? As pernas?

E o que dizer disso?

DE NOVO observamos a ausência do furo no queixo do Michael.

Coloquei até em 4 cores para facilitar as coisas para ti:

Damn!

Agora esse próximo erro me matou!

Sinceramente me admira quem acha isso normal.

O que aconteceu com o braço e pulso de Michael, o qual foi totalmente deformado e encolhido?

MEU DEUS!

Chama Cláudia!

É sério que acham isso normal?

Qualquer pessoa que entenda de photoshop não causaria um erro assim, ainda mais vindo da categoria de Michael Jackson. O que eu vejo? Eles erram de propósito. Afinal, eles querem te alertar..

Bem..

Então o que podemos concluir é que Michael não morreu de propofol, mas sim de deformação que fizeram em seu pulso durante o seu socorro, em um corpo que já não tinha vida.

Aliás,

Nós já descobrimos que a foto da ambulância e helicóptero são falsas, e isso foi afirmado por Brian Oxman.

Então…

 “Por que tão sério?” 

IntrigadoIntrigado

Uma fã pediu para Teddy Riley falar algumas palavras para os fãs por esse dia, então ele respondeu em seu Twitter:

“A todos os fãs de Michael, eu amo todos vocês. Por favor coragem, e o nosso grande dia ainda está por vir. Muito amor ao meu irmão mais gradioso MJ. Eu te amo meu grande  irmão!

Coisas falsas podem ser imaginadas e compostas, mas só a verdade pode ser inventada.

A verdade é que as grandes verdades se comunicam através do silêncio.

Deve ser por isso que prefiro cavar o meu poço, antes de saciar a minha própria sede. Sorte a minha que eu não sofro de gula, de forma indireta.

Michael is alive!

Fonte: Pri Abrantes em http://mulheresluxo.wordpress.com/2011/09/27/o-primeiro-dia-do-julgamento-de-conrad-murray/

Minha consideração:

O primeiro dia foi muito difícil para muitos de nós, porque de cara jogaram esse áudio do Michael e a foto, confesso que tremi quando vi isso, mas depois com mais calma eu vi que eles continuavam usando o nome Michael Joseph Jackson, sendo que o nome real do Michael é Michael Joe Jackson, chegou ao fim do dia e eu estava já com muita dor de cabeça, mas antes de dormir eu quis ver se tinham falado algo mais da foto, então estava já pensando no porque dessa foto aparecer logo agora, porque essa foto com certeza valeria milhões, quem fe ela poderia vender para a mídia e se aposentar com o dinheiro que iria ganhar, não vimos nem a foto dele no caixão quem dirá ver uma foto dessas, sem falar que parecia fake demais a foto, então entrei logo no blog da Pri, e dei de cara com a explicação dela, cadê o furo do queixo de Michael, ela não aparece ali e sem falar que muitas coisas são desproporcionais em relação ao resto do corpo, então a Pri me acalmou muito com esse post, e quero dizer que o blog dela e o da Lyllyan estão de parabéns! Nota 1000000!  Outra coisa que é importante nisso tudo são os girassóis e a cara do V de Vendetta,  e vimos muitos girassóis do lado de fora do tribunal e a La Toya chegou lá segurando um!  Eles sabem o quanto o Girassol e o V são importantes para nós believes! Beijos Marila Hoppe



28/09/2011 Posted by | Uncategorized | 2 Comentários

Prince não quer depor no julgamento.


Créditos: Pri Abrantes. Beijos Marila Hoppe

Filho de Michael Jackson não quer depor porque pode “bagunçar” o julgamento

27 27America/Bahia setembro 27America/Bahia 2011

Bom Dia!

Vamos refletir juntos?

Sei que o FOCO é o Julgamento de Murray, mas irei trazer aqui apenas as notícias que eu acho relevante para nós.

Como essa abaixo:

Filho de Michael Jackson não quer depor porque pode “bagunçar” o julgamento

Prince, o filho mais velho de Michael Jackson, morto em junho de 2009, não quer depor no julgamento que acusa o médico Conrad Murray de homicídio porque acredita que pode ficar nervoso e acabar bagunçando as coisas por não saber o que falar. As informações são doTMZ.

A acusação, por sua vez, gostaria que o menino, de 14 anos, desse seu depoimento pois o considera uma testemunha ocular da cena em que seu pai perdeu a vida no próprio quarto. Prince foi chamado ao cômodo por Murray, que alegava não conseguir fazer com que o astro acordasse e que se desfez em lágrimas na presença do garoto.

O julgamento do médico começa nesta terça-feira (27) às 8h45 (horário local) – 12h45 (horário de Brasília)-, na Corte Superior do condado de Los Angeles.

Michael Jackson morreu em 25 de junho de 2009 vítima de uma intoxicação aguda de remédios, especialmente do anestésico de uso hospitalar Propofol, segundo determinou a autópsia. Murray reconheceu que no dia em que Jackson faleceu administrou no “Rei do Pop” sedativos para ajudá-lo a combater a insônia, incluindo o Propofol, que, segundo publicou a imprensa americana, o artista consumia de forma habitual.

[..]

FOCO!

“Prince não quer depor no julgamento porque acredita que pode ficar nervoso”

Oi?

Sim, eu sei o que você está pensando:

– Mas ele só tem 14 anos, é natural ficar nervoso

Tudo bem é um direito SEU pensar assim, afinal o que seria da vida se todos fossem iguais?

Eu hoje tenho 24 anos, mas me lembro claramente dos meus 14 anos. E lembro SIM que eu tava naquela fase rebelde, mas não era tão ingênua a ponto de não ter consciência de tais coisas.

Assim como o Prince, eu estava vivendo o meu primeiro amor. O que até é interessante quando vejo que Prince me parece bem a vontade para desfilar com a namorada diante das câmeras, mas se torna bem inseguro para enfrentar um tribunal, quando sabe que ele é a principal peça chave para prender o “assassino” do seu pai.

Mas me permite propor um jogo? Eu gosto disso!

E se fosse o SEU PAI?

#reflita seriamente sobre isso

    

Eu não culpo o menino, afinal eu acho que ele ainda não percebeu a grandiosidade de ser filho de Michael Jackson.  Ainda não acordou para ver o quanto seu pai é grande.

O que eu estou tentando chamar a sua atenção é para o COMPORTAMENTO NATURAL, que qualquer pessoa de qualquer raça, classe social, religião, cultura ou sexo deveria ter, quando o assunto é a morte do seu próprio pai.

Podem me xingar, gritar ou resmusgar, mas essa é minha opinião.

Caberia a família de Michael Jackson orientar Prince, incentivar e preparar ele para enfrentar o tribunal, e buscar JUNTOS a JUSTIÇA!

Entende que ele poderia mudar o destino de Murray?

Ele é a principal testemunha!

 A defesa de Murray deve estar pulando..

Transtorno psicológico?

Damn!

Eu sofreria trauma se visse a mídia esculachando meu pai, e dizendo que ele era um drogado, quando EU poderia provar o contrário.

Notícia 2:

Michael Jackson apareceu embriagado em entrevista, diz advogado

LOS ANGELES (Reuters) – Michael Jackson chegou a ficar inconsciente antes de uma entrevista coletiva em Londres para falar da série de shows “This Is It”, e quando apareceu diante dos repórteres estava embriagado, disse um advogado nesta segunda-feira.

A revelação foi feita durante uma audiência judicial na véspera das alegações iniciais no processo em que o médico Conrad Murray é réu pela acusação de homicídio culposo contra o cantor.

Os advogados de Murray queriam que um vídeo da entrevista coletiva fosse mostrado aos jurados, mas o juiz do caso se opôs. A provável estratégia da defesa será demonstrar que Jackson era viciado em drogas, e que seus hábitos levaram à sua morte, em 2009, aos 50 anos.

O advogado Nareg Gourjian disse nesta segunda-feira no tribunal que o atraso de 90 minutos na entrevista coletiva de março de 2009 ocorreu porque, nos bastidores, o intérprete de “Thriller” estava “inconsciente no sofá.”

Gourjian disse que o executivo-chefe da promotora AEG Live, que organizaria os shows, relatou que Jackson parecia “ressacado.”

Segundo o advogado, era “imediatamente aparente ao ver o vídeo que o senhor Jackson estava sob a influência (de álcool).” Jackson morreu antes da realização da série de shows em Londres.

Mas o juiz Michael Pastor disse que mostrar esse vídeo aos jurados seria irrelevante, porque o fato aconteceu vários meses antes de Jackson morrer, vítima de uma overdose de sedativos e do anestésico propofol.

Pastor também proibiu a promotoria de apresentar provas de que investigadores tentaram em quatro ocasiões estabelecer contato com Murray, depois de o médico se reunir com agentes da polícia de Los Angeles dois dias depois da morte de Jackson, de quem ele era médico particular.

A promotoria diz que Murray causou a morte do artista ao administrar a dose de propofol como sonífero, sem monitorar adequadamente o paciente. 

[…]

Eu devo dar as palmas para a defesa de Murray, porque sendo rejeitado ou não pelo Juiz, eles conseguiram cutucar aquilo que é uma incógnita até para os próprios fãs do Michael.

Quero dizer,

Cada um tem uma Teoria sobre essa coletiva de Londres, mas o fato aqui é que Michael realmente estava estranho naquele dia, e 80% das pessoas acreditam que ele estava dopado.

Em que você acredita?  

Vocês já sabem a minha o Teoria [..]

Esse é um tipo de notícia que não tem como discutir, porque ela no final não representa NADA.

Desde o começo dessa investigação ficou muito claro o que queriam e querem provar: Michael Jackson era um viciado!

Não importa em que você acredita ou não, se você é RIP ou não, mas desde o que começo o que EU vejo é algo bem simples: Michael Jackson era um viciado!

A própria família de Michael tem alimentado essa Teoria, enquanto o que eles deveriam fazer era provar o contrário

Entende?

É isso que eles querem: afirmar que Michael Jackson era um viciado!

Por que?

Simples!

Murray é um excelente médico que tinha a confiança de Michael, tanto é que cuidou do próprio filho de Michael. Seus pacientes choraram quando ele decidiu parar de atender eles. Murray é um bom pai, é religioso e prestativo. A maioria dos seus pacientes são idosos; o que remete a um público fiel, amável e ingênuo. E Michael? Michael era uma celebridade viciada que assumiu publicamente seu vicio, e que era tão mimado que praticamente mandava no médico. Ele era tão viciado, mas tão viciado que aproveitou que o médico foi ao banheiro (ou namorar) para aplicar nele mesmo o remédio.

Mas e se Michael não “se matou”?

Veja bem senhor Juiz, a própria família afirma que Michael era um viciado ok? Eu nunca tive a intenção de “matar” ele, até porque NUNCA matei um paciente. O que eu fiz foi um erro médico, apenas isso.

= homicídio culposo, quando NÃO tem a intenção de matar

E nesse caso ele é um homem inocente. Você não precisa ir muito longe para afirmar isso, pois no histórico de Murray ele NUNCA matou alguém. 

Muitossssss, mas muitossss médicos receberam a mesma acusação, e estão livres, leves e soltos.

Exemplos: médico de Elvis Presley, médico de Heath Ledger que aliás foi inocentado usando o seguinte argumento:

– Heath Ledger era tão viciado que tinha 2 médicos, e que misturou os remédios em casa antes de dormir.

Resumindo: ninguém foi preso, e a própria família disse que o ator se matou.

Marlyn Monroe supostamente se matou, enquanto o caso foi encerrado antes mesmo de começar.

A História sempre se repete [..]  

Outro dia resolvi fazer uma coisa, e fui até a comunidade de estudantes de Medicina. Nada é melhor do que ir falar com quem realmente entende.

Fui rápida e objetiva ao perguntar sobre Conrad Murray, e quando encerrei meus argumentos o que ouvi foi uma série de calúnias, ensinamentos, e praticamente uma aula de medicina, onde o objetivo era PROVAR que Murray errou sim, mas nunca teve a intenção de matar Michael, e que Michael era um viciado.

= homicídio culposo, quando NÃO tem a intenção de matar +1

Nesse caso ele responde em LIBERDADE!

Eu nunca vi na televisão falar sobre um médico que cometeu um erro médico, e que foi preso por isso. Eles perdem sim seus empregos, diplomas e etc, mas nunca vi serem presos.

Alguém já viu?

[…]

Enfim,

De acordo com a mídia 6 jurados são fãs de Michael Jackson, o que só deixa CLARO que eles automaticamente culpariam  Murray certo?

O meu conhecimento em Direito é muito limitado, mas eu sei que NÃO poderia ter 6 fãs de Michael Jackson no júri, pois isso seria prejudicial para o acusado.

Devemos ter bom senso para assumir isso, independente do caso que está sendo discutido.

Afinal, como o próprio nome já diz um “Jurí popular” é decidido com base no público, na opinião da sociedade, e claro do Jurí que está representando ali os fãs de Michael. Mas nunca a  maioria deve ser FAVORÁVEL para ambas as partes, e sim deve ser equilibrado e diversificado.

E se ele fosse inocente?

WTF!

Tudo errado….. (risos)

Então se Murray for inocentando amados, acho que o meu papel acabaria aqui

É raro que uma mentira seja perfeitamente inocente

Michael is alive! ComemorandoComemorando

Fonte: Pri Abrantes em http://mulheresluxo.wordpress.com/2011/09/27/filho-de-michael-jackson-nao-quer-depor-porque-pode-baguncar-o-julgamento/

Minha consideração:

Achei estranho ele achar que vai bagunçar o julgamento, mas com 14 anos ele sabe muito bem ser calmo, rebelde ou tranqüilo em algumas situações, e sem falar que ele estava lá no dia que tudo aconteceu, algumas coisas ele teria para falar sobre aquele dia, então uma hora eles falam que os filhos querem depor, outra hora os filhos não querem depor, é estranho isso! Mas aguardamos as cenas dos próximos capítulos de toda essa novela! Beijos Marila Hoppe


28/09/2011 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário

Paul Gongaware.


Créditos: Lyllyan. Beijos Marila Hoppe

Médico de Michael Jackson queria muito dinheiro para trabalhar com o cantor

 Olá,

Paul Gongaware retornou ao tribunal no dia de hoje, 28/09/11 afirmando que o Dr. Conrad Murray pediu um salário astronômico para trabalhar com Michael Jackson.

Gongaware disse que foi Michael que lhe pediu para contratar Dr. Murray… Mas o Dr. Murray estava pedindo US $ 5 milhões.

Mas Michael insistiu que ele queria contratar o Dr. Murray e mais uma vez ele chamou o Dr. Murray e lhe ofereceu 150 mil dólares por mês, a pedido de MJ.

Gongaware também disse ao advogado de defesa do Dr. Murray que ele estava à procura de qualquer medicamento para o MJ, dizendo que ele percebeu uma “calúnia ligeira” no discurso de Michael durante suas interações.

paul-gongaware-diz-em-seu-depoimento-que-michael-jackson-queria-21-shows-extras

kenny-ortega-diz-em-seu-depoimento-que-havia-algo-de-errado-com-michael-jackson

O Dr. Conrad Murray aceitou o esquema…

Lyllyan

Fonte: TMZ

Fonte: Lyllyan em http://newspressrelease.wordpress.com/2011/09/28/medico-de-michael-jackson-queria-muito-dinheiro-para-trabalhar-com-o-cantor/

Minha consideração:

Ele aceitou direitinho o esquema, assim na boa ele aceitou!  Beijos Marila Hoppe


28/09/2011 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário

Lou Ferrigno


Créditos: Lyllyan. Beijos Marila Hoppe

Lou Ferrigno disse que Michael Jackson parecia muito bem

 Olá,

O amigo e personal fitness de longa data de Michael Jackson, Lou Ferrigno disse ao TMZ que o MJ não mostrou sinais de sofrimento durantes os exercícios fisicos duas semanas antes de o cantor morrer.

0927_lou_ferrigno_michael_jackson_EX

Lou contou que algumas declarações feitas no tribunal que Michael estava se deteriorando nas últimas semanas antes de sua morte, não condiz com a realidade.

Lou disse que duas semanas antes de Michael Jackson morrer, ele foi à casa de MJ e o treinou por uma hora. Michael fez esteira controlando os batimentos cardiacos, fez exercícios com bola, fez levantamento de pesos leves, completou toda a carga dos exercísos e ainda fez um monte de alongamento.

Lou contou que Michael estava com um pique de energia muito bom, mas ele se queixou de que ele estava chateado porque estava tendo problemas para dormir.

Lou disse que vinha treinando Michael de duas a três vezes por semana para a turnê… e MJ parecia “muito estressado”, mas pareceia com boa saúde.

“E isso foi assustador”, pois Lou disse que ele deixou a casa pela última vez duas semanas antes de Michael morrer e MJ disse a ele “Cuide de si mesmo”.

Lou respondeu para MJ: “Eu vou te ver na próxima semana.” Michael apenas repetiu: “Cuide de si mesmo.” Lou sente Michael sabia que algo ruim estava para acontecer.

Para cada pessoa, o Michael Jackson aparentava estar de um jeito, a meu ver, de propósito.

Lyllyan

Fonte: TMZ

Fonte: Lyllyan em http://newspressrelease.wordpress.com/2011/09/28/lou-ferrigno-disse-que-michael-jackson-parecia-muito-bem/

Minha consideração:

Desde que tudo começou muitas pessoas têem um olhar diferente sobre o que estava achando de MJ, para uns ele estava realmente ruim e para outros ele estava bem, cada um diz o que viu de MJ! Um pensa diferente do outro! Beijos Marila Hoppe


28/09/2011 Posted by | Uncategorized | 4 Comentários

Paul Gongaware .


Créditos: Lyllyan. Beijos Marila Hoppe

Paul Gongaware diz em seu depoimento que Michael Jackson queria 21 shows extras

 Olá,

Co-CEO da AEG Live, Paul Gongaware apenas tomou uma posição dizendo que promotores exigiram 21 apresentações extras de Michael Jackson.

Para assistir o vídeo, clique aqui:

Gongaware contou que os  10 primeiros shows foram esgotados quase que instantaneamente e Michael queria acrescentar mais 21 elevando o total para 31.

Gongaware disse que Michael estava obcecado para bater o recorder  do cantor Prince com 21 shoes na O2.

Ele disse que mesmo depois de vender 50 shows, ainda havia 250 mil pessoas à espera de bilhetes.

kenny-ortega-diz-em-seu-depoimento-que-havia-algo-de-errado-com-michael-jackson

Não sei se vocês estão percebendo, mas o site TMZ está sendo citado no julgamento tanto para a defesa como para a acusação na divulgação de suas matérias na mídia… Sem falar, que somente o TMZ está publicando com exclusividade todo o julgamento… Quanto prestígio, não?

Ai tem galera!!!

Lyllyan

Fonte: TMZ

Fonte: Lyllyan em http://newspressrelease.wordpress.com/2011/09/27/paul-gongaware-diz-em-seu-depoimento-que-michael-jackson-queria-21-shows-extras/#comment-50308

Minha consideração:

É estranho mesmo essa coisa do TMZ ser citado muitas vezes, privilégio total, até mais que outras emissoras, esse site está marcando presença em tudo! Beijos Marila Hoppe


28/09/2011 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário