Michael Joe Jackson Nós Te Amamos!

Nós Te Amamos!

Chorou.


Créditos: Lyllyan. Beijos Marila Hoppe

Médico de Michael Jackson chora em tribunal

Olá,

Primeiro foi o queixo que lhe tremeu, depois vieram as lágrimas. Conrad Murray não se conteve quando o seu advogado falou sobre a amizade que o unia a Michael Jackson e chorou no julgamento em que está acusado de homicídio por negligência do cantor, falecido a 25 de Julho de 2009, de overdose.

Mas Conrad Murray tem mais razões para chorar: a testemunha chave da acusação – o farmacêutico Tim Lopez, que diz ter vendido 15 litros de propofol ao médico nos três meses que antecederam a morte do artista – regressou da Tailândia e vai depor, em sessão ainda não anunciada.

Entretanto, a família Jackson, não recuperada do choque de ter visto o cadáver do seu familiar na maca – imagem que correu o Mundo e indignou muitos fãs – ouviu, em tribunal, uma gravação feita por Conrad Murray no seu iPhone, seis semanas antes da morte de Michael Jackson. No telefonema mal se percebe o que o cantor diz, de tal forma a sua voz está fraca e arrastada. Jermaine Jackson apressou-se a vir a público comentar.

Jermaine Jackson disse: “A voz não demonstra que o meu irmão era drogado – como já li algures”, diz. “Prova apenas que, naquele dia, estava sob a influência de alguma substância que não conhecemos e que o médico devia tê-lo ajudado”.

Mas a defesa, que nas suas primeiras alegações quis também tocar no coração dos jurados e sublinhou o facto de Conrad Murray e Michael Jackson terem sido amigos entre 2006 e 2008 – antes do cardiologista ter sido convidado para ser o seu médico pessoal na tournée ‘This Is It’ – pretendeu sugerir isso mesmo.

Que Michael Jackson já não conseguia dormir sem o auxílio de drogas. “Conrad Murray é um homem imperfeito. Concedo. Mas não é culpado. Michael Jackson automedicou-se, ingeriu oito comprimidos [de lorazepan] e depois tomou uma dose de propofol que criou uma tempestade perfeita no seu corpo. Morreu logo. Não havia como salvá-lo”, disse Ed Chernoff.

Numa sessão marcada pelo nervosismo – até o advogado de defesa, num texto projectado em tribunal, escreveu mal o nome ‘Michael’ – foram ouvidas várias testemunhas, entre as quais Kenny Ortega, colaborador regular do cantor, e Michael Williams, seu assistente pessoal. Ortega confessou que, nos últimos tempos, Jackson lhe parecia “uma criança perdida” mas que, quando interpelou o médico, este lhe respondeu: “Deixe de se armar em médico ou psicólogo amador. Ele está em perfeitas condições físicas e mentais para assumir as suas responsabilidades.”

O julgamento terminará a 28 de Outubro e se for condenado Murray incorre numa pena de quatro anos e perderá a sua licença como médico.

TESTEMUNHAS FALAM POR ORDEM CRONOLÓGICA

Se o julgamento seguir a mesma linha das audiências preliminares, as testemunhas deverão responder por ordem cronológica, desde os seguranças ao médicos até se chegar à noite fatídica. Defesa e acusação convocaram dezenas de testemunhas.

MAIS MEDIÁTICO DO QUE O.J. SIMPSON

Com transmissão em direto em canais online e acompanhamento televisivo exaustivo, este julgamento arrisca-se a ser mais mediático do que o de O.J. Simpson, julgado em 1995 pela morte da namorada e do seu amante.

ADVOGADOS ESTÃO PROIBIDOS DE MENCIONAR OS PECADILHOS

Para grande alívio do clã Jackson, principalmente da mãe de Michael, Katherine Jackson, o juiz que preside a este julgamento, Michael Pastor, proibiu os advogados de ambas as partes de evocarem os pecadilhos dos seus clientes, para que as sessões se concentrem na questão da morte do cantor, aos 50 anos, de overdose do anestésico propofol.

Assim, não só as queixas de abuso de menores que penderam sobre Jackson são tabu, como o é também o facto de nos últimos anos ter atravessado dificuldades financeiras. Pelo lado do médico, a acusação não poderá falar das dívidas de Murray, que são consideráveis, nem do facto de ser um conhecido ‘don juan’, com vários casos com amantes.

SAIBA MAIS

13 Miligramas: A autópsia revelou que Michael Jakcson tinha ingerido propofol. No seu estômago tinha 13 miligramas da droga que deve ser administrada por via intravenosa.

22 Milhões: Desde que morreu, a fortuna de Michael Jackson cresceu em 228 milhões de euros. Desse dinheiro, 22 milhões foi para os herdeiros directos: a mãe, Katherine, e os três filhos do cantor.

110 Mil Euros: Era o ordenado mensal de Conrad Murray para acompanhar Michael Jackson no projecto ‘This Is It’. Inicialmente, tinha pedido três milhões e meio mas acabou por não receber o dinheiro.

Lyllyan

Fonte: Correio da Manhã

Fonte: Lyllyan em http://newspressrelease.wordpress.com/2011/09/30/medico-de-michael-jackson-chora-em-tribunal/

Minha consideração:

Eu vi esse dia, parecia até colírio nos olhos dele, porque ele secou bem o canto do olho, fora que parecia estar mais com cara de sono do que de choro! Beijos Marila Hoppe


30/09/2011 Posted by | Uncategorized | 13 Comentários

Ex – paciente abandonado.


Créditos: Lyllyan. Beijos Marila Hoppe

Ex-paciente do Dr. Murray diz ter sido abandonado por ele

 Olá,

Um ex-paciente de  Dr. Conrad Murray, o médico de Michael Jackson, disse nesta sexta-feira diante da Suprema Corte de Los Angeles que se sentiu “abandonado” pelo médico quando este se despediu de seus pacientes para atender exclusivamente o cantor.

0930_robert_russel

Robert Russell descreveu o atendimento que recebeu de Murray, cardiologista em Las Vegas, depois de sofrer um ataque do coração em março de 2009.

Disse que estava contente com o médico Murray entre essa data e meados de junho de 2009. “Sentiu que ele salvou sua vida?”, perguntou a promotora Deborah Brasil. “Sim”, respondeu Russell.

Mas declarou que tudo mudou quando Murray disse a ele que teria de deixar seu consultório para “se ocupar de um paciente no Reino Unido”. Uma consulta com Russell foi cancelada em 15 de junho de 2009 e outra em 22 de junho.

“Eu me senti um pouco frustrado. Era minha vida que estava em jogo, e eu queria saber exatamente como estava. Senti que ele me devia uma resposta”, disse Russell diante do tribunal.

Em 25 de junho, dia da morte de Michael Jackson, Russell ligou para o consultório do médico Murray e ameaçou processá-lo caso o médico não respondesse. O paciente recebeu depois disso uma mensagem de Murray – que ligou para ele enquanto estava na casa do cantor na manhã de sua morte – para dizer que seu coração estava “consertado”.

“Me pareceu estranho porque ele tinha me dito que depois de um ataque cardíaco, o coração não se recupera”. Russell também afirmou que no consultório de Murray, que tinha seu histórico clínico, não lhe deram o contato de nenhum outro cardiologista que pudesse substituir Murray.

“Eu me senti abandonado”, disse.

paramedico-diz-que-michael-jackson-poderia-ter-sido-salvo

Este médico é negligente com todos os seus pacientes!!! Largou tudo por dinheiro.

Lyllyan

Fonte: TMZ e AFP

Fonte: Lyllyan em http://newspressrelease.wordpress.com/2011/09/30/ex-paciente-do-dr-murray-diz-ter-sido-abandonado-por-ele/#comment-50522

Minha consideração:

Agora sim esse ex-paciente do Murray me fez lembrar do filme A VIDA EM RISCO!  Espero pelas próximas cenas dessa novela, ou melhor série!  Vamos aguardar! Beijos Marila Hoppe


30/09/2011 Posted by | Uncategorized | 6 Comentários

Bob Johnson.


Médico de Michael Jackson usou equipamento errado de monitorar pulsação

 Olá,

O fabricante do dispositivo de monitoramento de pulso pelo dedo, alega que o Dr. Conrad Murray utilizava o dispositivo de forma errada no dedo de Michael Jackson, depois que Alberto Alvarez ligou para o 911.

0930_small_johnson_court

O dispositivo é chamado de oxímetro de pulso, e Bob Johnson da empresa Nonin Medical Equipment contou em seu depoimento no dia de hoje que o Dr. Murray estava usando o modelo errado para o trabalho.

Bob afirma que o modelo usado para monitorar MJ não tinha alarme e por isso, se alguma coisa desse errado, o Dr. Murray nunca saberia, pois não tocaria nenhum alarme.

paramedico-diz-que-eles-poderiam-ter-salvo-michael-jackson-mas-medico-demorou-muito-para-chamar-911

Agora eu surtei!!! Meu Deus do Céu!!! Como é que um Cardiologista não sabe fazer nem massagem cardiáca e nem usar um equipamento correto para monitorar a pulsação? Dai-me força!

Lyllyan

Fonte: TMZ

Fonte: Lyllyan em http://newspressrelease.wordpress.com/2011/09/30/medico-de-michael-jackson-usou-equipamento-errado-de-monitorar-pulsacao/

Minha consideração:

Até esse equipamento é errado, ficamos aqui no camarote vip ver o andamento desse circo! Isso me fez lembrar de um filme que eu vi que se chama A VIDA EM RISCO!  Beijos Marila Hoppe


30/09/2011 Posted by | Uncategorized | 2 Comentários

Richard Senneff.


Créditos: Lyllyan. Beijos Marila Hoppe

Paramédico diz que Michael Jackson poderia ter sido salvo

 Olá,

Um dos paramédicos que correu para salvar a vida de Michael Jackson em sua casa na Rua Carolwood N.100  fez seu depoimento no dia de hoje, dizendo que, se o Dr. Conrad Murray tivesse chamado imediatamente o serviço emergencial 911, a vida de Michael Jackson poderia ter sido salva.

093011_tmzlivepromo

Richard Senneff contou que o Dr. Murray disse que ele ligou para o 911 assim que pecebeu que MJ estava em perigo, quando na verdade houve um atraso de 20 minutos.

Senneff disse que se o Dr. Murray tivesse o chamado mais cedo havia uma boa chance da equipe do EMT’s pudesse ter resuscitado o coração de Michael.

Senneff disse que o chamado para o 911 ocorreu às 12:22. Ele chegou à casa de MJ quarto minutos mais tarde.

Quando ele entrou no quarto, ele viu Murray, MJ e os seguranças.

Senneff disse que Michael estava vestindo pijamas e parecia magro.

MJ estava sendo colocado no chão quando Senneff entrou, e disse que Dr. Murray estava “desesperado”.

Ele notou uma bolsa de soro dependurada no quarto.

Ele perguntou ao Dr. Murray por três vezes quais eram as condições de saúde do paciente e o médico respondeu que não havia nada.

Ele disse que não tinha nenhum sentido, um suporte de soro e outros equipamentos no quarto.

Quando ele perguntou se o paciente estava tomando algum medicamento, o Dr. Murray mentiu para ele, dizendo que ele não tinha tomado nada e em seguida, disse que ele lhe deu um pouco de Lorazepam.

Ele e o paramedico, Martin Blount, realizaram com sucesso a intubação em MJ.

Senneff disse que havia também muitas inconsistências com o relato do Dr. Murray… MJ estava muito frio, a pupilas de seus olhos estavam dilatados e o  eletrocardiograma mostrou uma flatline.

Após a administração de vários medicamentos, MJ continuava na mesma condição sem mudança.

Senneff e sua equipe estavam prestes a desistir, quando o Dr. Murray disse que sentiu um pulso do lado direito da virilha de MJ. Mas quando Senneff olhou para o monitor tudo o que ele viu foi o movimento consistente da CPR.

Senneff ordenou que todos parassem com a CPR para ver se houve de fato um pulso e o monitor, mais uma vez, mostrou uma flatline.

Então ele verificou novamente se havia pulso. Não havia nenhum.

Os níveis de açúcar no sangue também mostraram nenhuma mudança na condição de MJ.

Os jurados ouviram a chamadas telefônicas de Senneff feitas para o hospital em 12:57 descrevendo todos os esforços infrutíferos para resuscitar. O operador dá a hora da morte, mas Senneff diz ao operador, que o Dr. Murray queria continuar os esforços para resuscitar MJ.

Os paramédicos então desceram com Michael pelas escadas e o colocaram na ambulância. Quando Senneff voltou para o quarto para pegar seus equipamentos, ele viu o Dr. Murray pegando alguns itens do chão.

Senneff disse que não havia nenhum sinal de vida em qualquer ponto durante os 47 minutos que ele cuidou de MJ.

Ele também testemunhou que em nenhum momento o Dr. Murray mencionou a palavra Propofol.

kai-chase-diz-que-medico-de-michael-jackson-lhe-pediu-ajuda

Numa situação real!!! Se o Dr. Murray não sabia fazer massagem cardíaca porque ele não ligou imediatamente  para o serviço de emergência? Isto é surreal…

Lyllyan

Fonte: TMZ

Fonte: Lyllyan em http://newspressrelease.wordpress.com/2011/09/30/paramedico-diz-que-michael-jackson-poderia-ter-sido-salvo/

Minha consideração:

Se algo tivesse acontecido, ele teria que ligar imediatamente para a emergência, é o que normalmente um médico ou uma pessoa sem noção de primeiros socorros teria que fazer! Beijos Marila Hoppe

 


30/09/2011 Posted by | Uncategorized | 4 Comentários

Semana tensa!


Essa semana foi muito tensa, o julgamento foi tenso, começamos chorando por causa daquela foto e áudio, mas ainda bem que tem believes atentos e eles nos explicaram o que aconteceu de verdade com a foto e o áudio, depois ficamos bem, mas hoje a gente pode ver que tinha muitos erros e contradições, um segurança disse que o MJ estava na cama e que o Murray errou o socorro, outro disse que o MJ estava no chão e o Murray estava tentando fazer o socorro, mas só com uma mão, os paramédicos falaram hoje que ele estava na cama, quem está mentindo? Eu não sei dizer, mas uma coisa é certa, hoje eles mostraram alguns documentos, nele estava escrito Micheal, em outro estava escrito Micheal Jackson, 28 de agosto de 1958, a data de aniversário do Michael é 29 de agosto de 1958 e o nome dele é Michael e não Micheal, e deixaram passar isso em branco, e tem mais coisas erradas nesse julgamento, numa situação como essa, erros são absolutamente inadimissíveis, e o que vemos é que além dos nomes e da data de nascimento, o símbolo dos EUA também está errado, porque o o símbolo oficial usado em tribunais tem 31 estrelas e naquele que está no tribunal tem 32 estrelas. Por isso, que tudo isso é uma novela, um teatro, esses erros não poderiam estar acontecendo em um julgamento de verdade.  Um ótimo final de semana para todos vocês! Hoje o dia foi bem tenso, na realidade a semana toda foi tensa, porque tivemos altos e baixos, mas sempre nos recuperando!  Beijos Marila Hoppe


30/09/2011 Posted by | Uncategorized | 3 Comentários

Trial Fake parte 1.


Créditos: MJFANS FORUM. Beijos Marila Hoppe

Michael Jackson Fans Forum

Apresenta

Michael Jackson: Julgamento Falso ou Remake do Julgamento

Umas fotos com apresentação do julgamento com o que aconteceu até aqui.

O julgamento de Conrad Murray começou com uma foto que chocou o mundo inteiro.

Nesta foto, você vê, o retratado  de Michael Jackson morto em uma maca.

Temos que mostrar que essa imagem é falsa. Examiná-la.

A primeira coisa que chamou nossa atenção, é o topo do rosto de Michael Jackson. Esta parte do rosto parece muito mais jovem do que as imagens que circulam de MJ em THIS IS IT.

A parte superior da face e couro cabeludo MJ, há muito lembra o período em que as fotos foram feitas por Arno Bani.   (O que deve ser do ano de 1999).

A parte inferior da face tem uma cor bem diferente a partir do topo. Boca, como se pertencesse a outra pessoa, e que o remendo colocado debaixo do seu nariz, serve para delimitar a parte que foi Photoshopada.

O nariz não é visível. É como se tem certeza de que ela coincide com o remendo colocado no lábio, que foi grosseiramente alterado.

A mão parece acrescentar um pedaço extra e o braço parece pertencer a uma pessoa mais velha.

As pernas de MJ parecem ser muito curtas para o final do tronco. Na maca em que se encontra MJ a proteção foi  reduzida.

Se ele tivesse saído na época da sala de recuperação, ambos teriam que ser reduzidos, especialmente se o paciente estiver inconsciente.

Outro fator que nos fez duvidar da foto, é a declaração de Walgren durante o processo, afirmando que o MJ já estava morto na chegada dos paramédicos.

Se tivesse Walgren dito, por que não havia necessidade de colocar um vestido em  MJ?

Uma das notas em que Walgren contrasta, afirma, é que no relatório da autópsia, os paramédicos encontraram  MJ ainda vivo na chegada. Nós nos perguntamos: Mas o relatório da autópsia que Walgren leu primeiro comenta sobre o quê?

Além disso, segundo o The Sun, em MJ foram encontrados quatro mordidas perto do coração durante a reanimação. E se MJ estava pouco complicado em geral.

No discurso de abertura que Walgren fez no tribunal para ouvir um arquivo de áudio, onde você pode ouvir Michael Jackson, completamente absorvido pelo uso de drogas e onde ele não consegue nem falar.

A única coisa que perguntamos é: Por que Murray gravou este arquivo de áudio? Que uso poderia ter? Ele já tinha planejado a morte de MJ?

Nós dizemos que não! Há muitos fatos relativos ao mês de maio de 2009, o que nos faz acreditar que MJ não poderia ficar nessas condições. Primeiro, a declaração de Lou Ferrigno,  personal trainer de MJ.

Lou Ferrigno diz que ele treinou MJ, três vezes por semana, nas semanas antes de sua morte. Se tivesse sido em más condições, nunca poderia ter feito os exercícios?

Em algumas notícias da época, MJ foi submetido a visitas por causa de sua pele. Ele foi a um dermatologista regularmente. Você acredita que os médicos não teriam notado um homem nessas condições?

Além disso, a notícia relata que pessoas próximas a MJ viram um homem que estava em boa saúde.

Além disso, em todos os comunicados de imprensa da época, nunca foi mencionado o nome do Dr. Conrad Murray. Por quê?

A foto de La Toya e MJ, propomos, é datado de 14 de maio de 2009. Quatro dias após a gravação do arquivo de áudio. Para você, parece que MJ está em um estado lamentável.
E por que   La Toya  não havia notado alguma coisa?

Portanto, este arquivo de áudio é outro indício Falso!

Agora, continuando com o show de mentiras, o coreógrafo Kenny Ortega de This Is It, disse em um comunicado durante o julgamento, que Michael Jackson estava usando drogas.

Em uma entrevista com a organização de notícias Reuters, em outubro de 2009, Kenny Ortega diz o contrário, a mesma pergunta.

Nós acreditamos que nenhuma mudança de opinião é feita facilmente sobre o que aconteceu. Especialmente quando se trata de um amigo. Por que Ortega mentiu?

Entendemos que estamos revivendo o processo sofrido por MJ em 2005. E o TMZ está fazendo indiretamente, nós entendemos.

O processo que foi colocado em MJ, com provas falsas, como está acontecendo com  Conrad Murray.

Por que isso é apenas, o Maior Espetáculo da Terra.

Dedico este vídeo aos meus dois queridos amigos

  Emy (A minha consciência)

Christalmoon (O meu anjo)

Fonte: MJFAN FORUM  em http://www.youtube.com/user/TheMJFansForum

Endereço do MJFAN Forum: http://mjff.forumfree.it/

Minha consideração:

Eu simplesmente amei o vídeo e continuo sendo uma believe, sem falar que hoje mostraram os nomes de MJ errados no julgamento e a data do nascimento de MJ errada também, o que poderia deixar inválido esses documentos!  Beijos Marila Hoppe


30/09/2011 Posted by | Uncategorized | 11 Comentários

Hoje encerra a primeira semana!


Créditos: Lyllyan. Beijos Marila Hoppe

Julgamento do caso Michael Jackson encerra hoje 1ª semana de testemunhos

Olá,

O julgamento pela morte de Michael Jackson conclui nesta sexta-feira sua primeira semana de testemunhos em uma jornada na qual devem depor os médicos que acudiram à casa do cantor no dia de seu falecimento.

Médico foi acusado de ter sido negligente ao medicar doses exageradas de Propofol ao cantor. Foto: AFP

Michael Jackson morreu em 25 de junho de 2009, aos 50 anos de idade, vítima de uma overdose de remédios, especialmente do potente anestésico propofol, que, segundo a Promotoria, foi administrado por seu médico pessoal, Conrad Murray. O médico, de 58 anos e que se declarou inocente das acusações, é acusado de homicídio culposo e pode pegar até quatro anos de prisão se condenado.

As primeiras pessoas a depor nesta primeira semana de julgamento detalharam a dramática situação vivida na mansão do “Rei do Pop”, em Los Angeles, no fatídico dia de sua morte.

Segundo o diretor de logística de Michael Jackson, Alberto Álvarez, testemunha-chave do caso por ser um dos primeiros a entrar no dormitório do cantor em 25 de junho de 2009, o criador de Thrillerparecia morto sobre sua cama antes da chegada da equipe de emergência.

Álvarez entrou no aposento às 12h20 locais, e o cantor foi declarado oficialmente morto duas horas mais tarde no hospital UCLA de Los Angeles. A testemunha viu Jackson deitado sobre o colchão com a cabeça voltada para a porta, com os olhos e a boca abertos.

A cena foi presenciada pelos filhos mais velhos do cantor, Prince Michael, 14 anos, e Paris, 13, que se mostraram visivelmente abalados. Álvarez relatou que Murray realizava uma massagem cardíaca em Jackson de forma pouco ortodoxa, usando uma só mão, e que interrompeu a reanimação para recolher frascos de remédios e uma bolsa que continha propofol, supostamente com a ideia de ocultar provas.

Foi esse membro da equipe de Michael Jackson quem chamou os serviços de emergências por indicação de Murray. Durante esta semana a defesa tentou diminuir a credibilidade das testemunhas apresentadas até agora exclusivamente pela acusação e sustenta que foi o próprio Jackson quem, por supostamente ser viciado em medicamentos, tomou a dose letal de propofol.

Dr. Conrad Murray deixou o quarto de Michael Jackson durante a manhã do dia 25 para atender uma série de ligações telefônicas quando achava que o cantor dormia. Os advogados de Murray insistem que o “Rei do Pop” pedia que lhe administrassem propofol para combater sua insônia, uma substância de cor branca que ele chamava de seu “leite”.

O julgamento deve durar até a quarta semana de outubro.

Virou minisserie!!!

Lyllyan

Fonte: Terra

Fonte: Lyllyan em http://newspressrelease.wordpress.com/2011/09/30/julgamento-do-caso-michael-jackson-encerra-hoje-1%c2%aa-semana-de-testemunhos/

Minha consideração:

Vamos aguardar para ver o que vai acontecer com o Murray, isso tudo é um teatro, um circo, uma novela e agora virou uma minissérie cheia de coisas estranhas! Beijos Marila Hoppe


30/09/2011 Posted by | Uncategorized | 4 Comentários

La Toya no tributo.


Créditos: Lyllyan. Beijos Marila Hoppe

La Toya Jackson participará do tributo a Michael Jackson

 Olá,

La Toya Jackson irá subir ao palco após 20 anos para se apresentar no show de Tributo ao seu irmão falecido Michael Jackson no Pais de Gales, Alemanha.

La Toya  não tem cantado em público desde a década de 1990, mas ela está se preparando para o show no País de Gales que incluirá as estrelas, como Black Eyed Peas, Christina Aguilera, Ne-Yo e outros no dia 08 de outubro.

La Toya quer comemorar o legado de seu irmão, e ela admite que está ansiosa ao assistir o julgamento Dr. Conrad Murray por homicídio culposo que começou em Los Angeles no dia 27/09/11.

Ela diz: “Nunca haverá outro momento mágico como este para celebrar Michael com seus fãs.

Perguntamos a La Toya onde ela achava que Michael gostaria que nós estivessemos, no julgamento que está cheio de carga negativa e mentiras ou em um palco celebrando sua música, seu legado e sua vida.

Após pensar por um segundo, La Toya respondeu: “Celebrando a vida com a família e os fãs. Estou ansiosa para fazer um grande show e fazer com que meu irmão tenha orgulho.”

As respostas da La Toya são sempre um espetáculo a parte… É isto ai, celebrar a vida de Michael Jackson… Mas poderia ser após o julgamento neh?!

Lyllyan

Fonte: Fox 8 Live

Fonte: Lyllyan em http://newspressrelease.wordpress.com/2011/09/30/la-toya-jackson-participara-do-tributo-a-michael-jackson/

Minha consideração:

A La Toya sempre solta pérolas, eu acho muito engraçado o jeito que ela explica as coisas e para ela o Murray é bode expiatório, e bod expiatório signica:

Em muitas situações, sabemos que uma pessoa inocente pode acabar sendo acusada e punida por algo que não fez ou não teve responsabilidade direta. Antes que sua inocência seja provada, as pessoas o repudiam, zombam e insultam sem, nem mesmo, saberem das verdades por detrás dos fatos. Em geral, os desavisados acabam sendo utilizados como “bode expiatório”.

O que é muito interessante significaria que o Murray não tem culpa, pelo menos no ponto de vista da irmã do nosso querido e tão amado Michael Jackson! Beijos Marila Hoppe


30/09/2011 Posted by | Uncategorized | 5 Comentários

Aplicativo para Ipad.


Créditos: Lyllyan. Beijos Marila Hoppe

Aplicativo do julgamento de médico de Michael Jackson é favorito em loja da Apple

 Olá,

Um aplicativo para iPad que disponibiliza a transmissão ao vivo do julgamento do médico de Michael Jackson liderava esta quinta-feira, 29/09/11 a lista de sucessos na loja App Store, da Apple. O aplicativo, denominado “Julgamento do Médico de Michael Jackson da Televisão Fox” custa US$ 99 centavos e também está disponível para iPhone e dispositivos com sistema operacional Android.

Julgamento de médico de Michael Jackson virou aplicativo. Foto: Divulgação

O programa liderava a lista de aplicativos pagos no App Store da Apple, esta quinta-feira, e era o 29º da lista de todos os aplicativos pagos do iPad. “O julgamento do médico de Michael Jackson” oferece cobertura ao vivo do tribunal no centro de Los Angeles, alertas de notícias, resumos diários ao vivo, análises legais e comentários de especialistas.

O médico de Michael Jackson, Conrad Murray, é acusado do homicídio culposo do astro pop em junho de 2009, supostamente devido a uma overdose do potente sedativo propofol. Murray, de 58 anos, pode ser condenado a até quatro anos de prisão, se for considerado culpado pelo júri, composto de sete homens e cinco mulheres.

Onde tem Michael Jackson, o povo ganha dinheiro!!!

Lyllyan

Fonte: Terra

Fonte: Lyllyan em http://newspressrelease.wordpress.com/2011/09/30/aplicativo-do-julgamento-de-medico-de-michael-jackson-e-favorito-em-loja-da-apple/#comment-50486

Minha consideração:

Meu telefone é muito bom mesmo, mas bem que eu gostaria de ter um Iphone daqueles que mostraram no julgamento e um Ipad, é o sonho de consumo de muita gente, pena que são muito caros, mas um dia eu compro um Iphone, porque eu sou ligada em tecnologia e gosto muito dessas coisas! Beijos Marila Hoppe


30/09/2011 Posted by | Uncategorized | 2 Comentários

Kai.


Créditos: Lyllyan. Beijos Marila Hoppe

Kai Chase diz que médico de Michael Jackson lhe pediu ajuda

 Olá,

A chefe de cozinha pessoal de Michael Jackson, Kai Chase deu seu depoimento e contou que o Dr. Conrad Murray estava desesperado e lhe pediu para ajudar dez minutos antes de chamar o 911 no dia em que MJ morreu.

De acordo com Chase, ela estava na cozinha preparando o almoço para Michael e seus filhos entre 12:05 e 12:10pm, quando o Dr. Murray correu escada abaixo, gritando para ela  “preciso do Prince, preciso de ajuda, preciso do segurança”.

Chase afirmou que ela pediu para o Prince ir até o Dr. Murray e voltou ao trabalho. (Está parte é novidade, pois em outras entrevistas ela disse que sabia que estava acontecendo algum coisa de errado com Michael por causa do desespero do médico… Mas não li nada que foi ela que pediu para o Prince ir até o Dr. Murray a pedido dele e muito menos tinha voltado ao trabalho como se nada tive acontecendo…)

Chase admitiu que não fez nenhum contato com os segurança, detalhe este destacado pelo advogado de defesa J. Michael Flanagan.

Ontem, o assistente pessoal de MJ,  Michael Amir Williams disse que o Dr. Murray o chamou por volta das 12:13pm e Williams imediatamente ligou para a segurança.

Para assistir ao vídeo, clique aqui:

Enquanto Chase estava deixando tribunal hoje, perguntamos se ela achava que seu depoimento foi útil – ela respondeu, “Absolutamente”.

kai-chase-depoe-na-audiencia-de-050111

kai-chase-diz-que-michael-jackson-estava-feliz

Ueh? O depoimento dela foi só isto? E o restante que ela havia divulgado em outras entrevistas ela não contou ou TMZ não divulgou?

Cadê a parte que o médico não estava na casa porque ele não tinha levado o café da manhã para o Michael, que ela ficou rezando com as crianças na cozinha, que os seguranças tiraram todo mundo da casa e assim por diante??? Isto ai tem boi na linha…

Lyllyan

Fonte: TMZ

Fonte: Lyllyan em http://newspressrelease.wordpress.com/2011/09/29/kai-chase-diz-que-medico-de-michael-jackson-lhe-pediu-ajuda/

Minha consideração:

O depoimento foi rápido demais, todos notaram isso, só não entendi o motivo disso, de tanta rapidez no depoimento da Kai, ela é muito simpática também! Aí tem coisa!  Beijos Marila Hoppe


30/09/2011 Posted by | Uncategorized | 16 Comentários