Michael Joe Jackson Nós Te Amamos!

Nós Te Amamos!

O décimo segundo dia!


Créditos: Pri Abrantes. Beijos Marila Hoppe

Julgamento Conrad Murray: décimo segundo dia

14 14America/Bahia outubro 14America/Bahia 2011

Boa Noite!

E eu achando que finalmente Murray ia abrir a boca, então de repente eles decidem criar um recesso para o Julgamento só voltar na segunda-feira

WTF!

Primeiro disseram que Murray não iria hoje, depois disseram que Murray ia falar hoje, e agora por um motivo “fantasma” eles pedem recesso?

Ah! Por favor.

Se bem que um “stop” as vezes é bom. Nunca foi ruim respirar…

Quero deixar claro mais uma vez: no meu ponto de vista a foto da autópsia foi FORJADA sim, e eles criaram aquelas manchas de luminosidade que seriam Vitiligo, com o intuito de parecer que era Michael.

Não podemos afirmar que aquilo são DOIS CORPOS, mas que aplicaram efeito naquela pele, isso é óbvio. (Na minha humilde opinião)

Aliás, adorei ver esse borrão no joelho do Michael  

= outra prova de que foi FORJADA!

Consegue perceber? Não existe uma curva perfeita ali. Parece que existe um “quebra mola”

Hmm..talvez algumas pessoas tenham dificuldade em ver isso.

Existe uma ferramenta no photoshop chamada de “borracha”, assim como os “Blur” que provocam esses borrões na imagem.

Esse “defeito” ou “falha” pode acontecer quando você seleciona uma imagem que deseja aplicar tal efeito; com no caso aqui é deixar mais claro; mas por não ter prestado atenção você acabou pintando também a parte de fora da perna, provocando assim o borrão.  Isso é uma hipótese! Vários caminhos provocam o borrão, assim como o efeito que pode ser visualizado melhor na foto inteira. Faça o teste! 

Enfim,

Hoje fiquei olhando com cuidado esse Julgamento.

Não é “divertido” observar que parece ter uma área mínima? Ninguém consegue ver a família chegando, o Juiz saindo, o acusado almoçando e por ai vai.

Sabe..eu sempre falo o mediano e penso o melhor, ou então você irá me chamar de louca.

Eles costumam comparar o Julgamento de Murray com o Julgamento de O.J Simpson.

A única diferença é que o Julgamento de O.J Simpson mostrava o Tribunal inteiro, menos a identidade dos jurados que acredito por questão de segurança. Por outro lado nesse Julgamento REAL você tinha uma visibilidade do público atrás, assim como a amplitude do local.

No caso do Julgamento do Murray o local parece tão “pequeno”, que a sensação que tenho é que o meu quarto é maior. Apenas uma câmera, um ângulo. E já repararam? O banco de trás do Murray está quase sempre vazio..

Não estou afirmando nada, apenas observei isso…

Bem,

Os beLIEves que acompanham essa História desde 25 de Junho, com certeza já ouviram falar sobre Deepak Chopra.

Se lembram?

Ele esteve cerca de 2,3 dias atrás dando uma entrevista para a CNN com o objetivo de divulgar o seu livro, e aproveitou para falar sobre o Julgamento de Murray.

Afinal, Deepal Chopra é “amigo” de Michael Jackson

Então ele falou o seguinte:

 “Michael Jackson era um “viciado” e sua morte foi “um acidente”

O autor de um best-seller de auto-ajuda, Deepak Chopra foi convidado para falar sobre o seu novo livro “Guerra das visões de mundo”. Ele também falou sobre Michael Jackson, o qual ele conhecia muito bem. Deepak foi direto: “Michael era um viciado em substância controlada”, disse para Piers Morgan. “Ele poderia ficar fora e depois estava nisso de novo.”

Chopra também falou especificamente sobre o Julgamento de Dr. Conrad Murray: “Ele não esperava morrer”, disse Chopra. “Um acidente. Dr. Conrad não tinha intenção de matá-lo. Ele usou uma droga que não deveria ter sido usada fora de uma sala de cirurgia, e então ele calculou mal a dose. Havia provavelmente outras coisas no corpo de Michael. Foi uma tragédia.”

[…]

Hmm…

Infelizmente eu concordo com o que ele diz.

E não estou julgando Michael ok?

O que eu quero dizer é: TUDO nos aponta que Michael era um viciado em drogas, assim como a própria família que tem ajuda a consolidar essa afirmação.

Enquanto do outro lado vemos sim um TRAGÉDIA causada por um erro grotesca de Murray, mas que não denota ter tido em nenhum momento a intenção de matar Michael.

Francamente!

Não temos como comparar um assassino com Murray, assim como Murray não está sendo Julgado como um assassino ou pscicopata. Ele está sendo Julgado como um médico que errou FEIO,  mas que não tinha a intenção de errar.

E claro que esse tipo de afirmação em público só ajuda a inocentar Murray

Como “duvidar” das palavras de um amigo de Michael?

Bem,

Mas por que eu estou falando sobre isso?

SIMPLES!

Deepak Chopra em 26 de Junho de 2009 disse a seguinte frase:

Michael Jackson queria “ir embora” como Elvis Presley

Michael Jackson já havia dito que queria “sair como Elvis” quando morreu, de acordo com Deepak Chopra. Chopra, 62, revelou que seu filho viajou com o Rei do Pop durante sua turnê Dangerous: “Meu filho Gotham viajou com Michael em sua turnê Dangerous, quando ele tinha 13 anos.

Ele disse que seu filho se arrepia até hoje, quando repete que Michael disse para ele: “ Eu não quero ir embora Marlon Brando. Eu quero cair fora como de Elvis”. Chopra também revelou que falou com a estrela dois dias antes de sua morte, e ele parecia “excitado”. Dois dias antes, ele me chamou em um estado de espírito otimista e animado.

[…]

*Go out pode significar ir embora, cair fora, sair e etc

Nesse contexto Michael quer dizer que queria “ir embora” ou MORRER como Elvis

Desculpa, mas eu ri

“..Eu quero ir embora como Elvis”

Outro dia me falaram:

– Por que você insiste em ligar Elvis com Michael?

Francamente!

Por que será?

Admiro quem ignora esse tipo de coisa..

Sabe o que lembrei?

Quando um dos responsáveis por THIS IS IT disse:

– É o velho chavão de Elvis deixando o recinto

E como eu disse acima: essa declaração dele foi UM DIA APÓS Michael morrer

Ou seja: em 26 de Junho (último show de Elvis) já falavam que Michael queria morrer COMO ELE

WTF!

Pouco importa se esse cara está falando a verdade ou não, mas o que importa mesmo é que ele ADMITE que Murray nunca teve a intenção de matar Michael. E isso FAZ TODA A DIFERENÇA!

Então vamos falar sobre o décimo segundo dia do Julgamento?

Mais contradição para não perder o costume

Especialista em doenças do sono diz que uso de Propofol em MJ foi ‘inconcebível’

Os cuidados do Dr. Conrad Murray para com Michael Jackson que antecederam a sua morte foi tão inadequado que violava o juramento de Hipócrates e ética fundamentais que todos os médicos juram, disse aos jurados um revisor para o Conselho Médico da Califórnia.

Nader Kamangar, médico especializado em cuidados intensivos pulmonares e medicina do sono, disse durante o julgamento de Murray que a administração do anestésico propofol fora de um ambiente hospitalar era “inconcebível”.

Kamangar concluiu em um relatório para a junta médica que a conduta de Murray envolveu vários desvios extremos do padrão adequado de atendimento.

É imperativo para o médico observar o paciente em todos os momentos, isso é apenas o básico da medicina”, disse Kamangar, professor associado e um médico da UCLA. “Neste caso, ficou claro que havia um período de tempo quando o Sr. Jackson era basicamente deixado sozinho e não estava sendo monitorado. E em alguém que está recebendo sedação não é realmente aceitável.”

Kamangar ecoou as opiniões do cardiologista que testemunhou no início do dia, que o atraso de Murray em chamar o 911 e fazer CPR ineficazes foram violações que prejudicaram seu paciente.

O médico criticou a demora de Murray em ligar para o serviço de emergência, dizendo que foi uma “falta de cuidado irracional”. Ele disse que o cérebro começa a morrer se não recebe oxigenação necessária depois de quatro ou cinco minutos. Ao esconder informações dos médicos do pronto-socorro, Kamangar disse que Murray violou a primeira norma da medicina : colocar a vida do paciente em primeiro lugar. Ele considera antiético o fato de o médico de Michael Jackson ignorar as evidências de que o cantor estava viciado no medicamento.

Ele também disse que a primeira coisa que o médico deveria ter feito não era compressões – uma vez que Jackson ainda tinha pulso -, mas tentando ajudar na respiração de Jackson.

“Quando um paciente se encontra fora do hospital em parada cardiorrespiratóri, a primeira regra de ouro no suporte básico de vida é para pedir ajuda “, disse ele.

Kamangar disse que a CPR que Murray realizou – em uma superfície macia com uma mão – poderia ter sido “desnecessário” ao seu paciente.

Kamangar disse que os pacientes que estão usando Propofol precisam ser monitorados de perto porque seu estado de saúde pode mudar a qualquer momento. Ele considera que o tratamento escolhido por Conrad Murray no caso de Michael Jackson foi uma “negligência grosseira”.

Além disso, Kamangar afirmou que é necessária uma bomba automática para administrar Propofol em pacientes, porque a medicação é muito forte, fato que não aconteceu no caso de Michael Jackson. Ele também declarou que Murray jamais deveria ter dado qualquer tipo de sedativo ao cantor porque ele estava desidratado, o que indica que sua pressão sanguínea já estava baixa.

[..]

Eles ainda me matam!

Primeiro: esse é o mesmo especialista que deu o seu depoimento ontem, mas ele voltou hoje para terminar de responder as dúvidas

Ele disse:

“…a CPR que Murray realizou em uma superfície macia com uma mão,  poderia ter sido “desnecessário” ao seu paciente”

Enquanto Alvarez no terceiro dia disse:

“Alvarez afirma que Murray então pediu para chamar pelo 911, e ordenou que ele movesse Michael da cama para o chão”

Foi nesse momento que Alvarez recebe as instruções do paramédico, e começa a orientar Murray na forma como deveria fazer o socorro de Michael

Então como que o médico de ontem seguido do apoio de Kamangar, afirma que Murray estava fazendo a CPR com uma mão e uma superfície macia, que provavelmente estava se referindo a cama, quando na verdade Michael foi socorrido no chão que é um superfície CONCRETA?

Oh God!

Todos os dias eles se contradizem..

Quem está mentindo dessa vez?

Até hoje estou tentando descobrir quem mentiu: Alvarez ou Willian?

E agora quem mentiu? Alvarez ou Steinberg?

Detalhe: Alvarez é a PRINCIPAL TESTEMUNHA! Cale a boca!Cale a boca!

#reflita

Dr. Steven Shafer: especialista em propofol

A última testemunha a ser ouvida no julgamento de Conrad Murray – médico acusado de ter causado a morte de Michael Jackson -, o Dr. Steven Shafer começou a depor nesta quinta-feira (13) e, devido a conflitos de agenda, deve terminar seu depoimento nesta segunda-feira (17).

Hoje, Shafer, anestesiologista e especialista em Propofol, começou a falar sobre sua experiência com o anestésico. Ele é professor da área de anestesiologia das universidades de Columbia, Stanford e Califórnia e tem 90 textos sobre a medicação.

Ele acompanhou estudos feitos pelo FDA (departamento que controla alimentos e medicações nos EUA) para determinar a quantidade de Propofol segura a ser dada para as pessoas e fez um programa que analisa o que pode ocorrer com quem toma o anestésico.

[..]

Bem…ele não terminou o seu depoimento, então não tenho nada a declarar sobre isso.

Agora FOCO aqui!

Conrad Murray deu Propofol a Michael Jackson todos os dias, durante dois meses

Uma conversa de Conrad Murray com policiais no hotel Ritz Carlton Hotel, em Los Angeles, dois dias após a morte de Michael Jackson, foi fundamental para que os promotores decidissem processar Murray. As informações são do site TMZ.

Segundo a publicação, os policiais e os promotores pensaram em desisitir da acusação porque acreditavam que jamais conseguiriam provar que o médico tinha dado Propofol a Michael Jackson. Mas foi o próprio Murray quem confessou, voluntariamente, ter dado a droga ao cantor todos os dias, em um período de dois meses, durante essa conversa com policiais. O caso, então, passou a ter como base a imprudência do médico na escolha do Propofol como tratamento da insônia de Michael Jackson.

O site diz ainda que Conrad Murray não falou a verdade durante todo tempo em que conversou com os policiais. “Ele falou a verdade em 70% do tempo e mentiu em 30% dele. Foram essas mentiras que levantaram suspeitas e fizeram com que o médico fosse investigado e processado”, contou uma fonte da polícia.

 A dúvida que fica é o motivo que levou Murray a dar de “presente”, essas informações aos policiais. “O médico e seu advogado jamais poderiam imaginar que Murray seria acusado de um crime. Ele estava mais preocupado com a sua imagem e achou que pudesse encerrar o assunto dessa forma”, disse a mesma fonte ao TMZ.

 [..]

O que eu disse ontem?

“Como dizem por ai: “Se declare CULPADO que a pena é menor..”

Isso é praticamente um jargão dos advogados, pois reconhecer o ERRO é muitas vezes a melhor e a mais SÁBIA saída”

E agora sai:

“ Os policiais e os promotores pensaram em desisitir da acusação porque acreditavam que jamais conseguiriam provar que o médico tinha dado Propofol a MJ,  mas foi o próprio Murray quem confessou voluntariamente”

“ A dúvida que fica é o motivo que levou Murray a dar de “presente”, essas informações aos policiais”

“O médico e seu advogado jamais poderiam imaginar que Murray seria acusado de um crime”

#Funny

Então quer dizer que Murray praticamente sentou sozinho no banco do réu? E agora está assumindo que errou?

Tudo isso por ingenuidade?

Oh não!

O cara como MÉDICO profissional (é o que ele deveria ser), não sabia que tinha acabado de fazer uma “cagada” ?

E o que dizer do advogado que também achava que ele não tinha cometido um crime? Acho que o papel de um advogado é ORIENTAL o seu cliente.

Please!

Até nós que somos leigos conseguimos sentir o fedor de longe, então não me venha tentar convencer que um advogado e médico são tão “estúpidos” assim.

Tudo isso é apenas para conseguir uma única coisa: se fazer de “ingenuo” e “bobo” para ser inocentado.

Acha coincidência ONTEM eles terem desistido da Teoria de que Michael teria se matado, e hoje sair essa notícia dizendo que Murray praticamente se entregou para a policia?

Eu não acho.

Aliás,

TMZ disse a seguinte frase hoje: “Agora é a hora da defesa de Murray virar a mesa, e eles estão dizendo que tem algo chocante para revelar”

Eu mau posso esperar por isso!

Com tantas acusações sendo jogadas no colo de Murray, eles terão que ser no minimo criativos para sairem dessa.

Se bem que o destino de Murray está sendo revelado aos poucos…você consegue ver?

Enfim,

Por hoje é apenas isso.

O Julgamento voltará apenas na segunda-feira, então vamos aproveitar esses dias para descansar, refletir e acima de tudo nos preparar.

Acho que os próximos dias serão os mais importantes

E lembre-se:

Você não pode confiar em seus olhos, quando sua imaginação está fora de foco

F.O.C.O

Quero deixar algo como reflexão:

O rio nasceu entre a rocha não pela força, mas sim pela persistência!

A chuva furou a pedra não pela força, mas sim pela persistência!

O pássaro cria seu ninho não pela força, mas sim pela persistência!

O homem criou o fogo não pela força, mas sim pela persistência!

Persistir, persistir, persistir…

Um homem sem imaginação, é um homem se asas!

Michael is alive!  smilie dit un gros secret à son pote   smilie dit un gros secret à son pote

Fonte: Pri Abrantes em http://mulheresluxo.wordpress.com/2011/10/14/julgamento-conrad-murray-decimo-segundo-dia/

Minha consideração:

Está sendo complicado tudo isso, mas vamos seguindo em frente, eu continuo uma believe, e assim serei sempre, agora estão falando que talvez o julgamento atrase,são contradições atrás de contradições, estou aguardando as cenas do próximo capítulo! Beijos Marila Hoppe



15/10/2011 Posted by | Uncategorized | 4 Comentários

O décimo primeiro dia!


Créditos: Pri Abrantes. Beijos Marila Hoppe

Julgamento Conrad Murray: décimo primeiro dia!

13 13America/Bahia outubro 13America/Bahia 2011

Olá!

Como passaram o feriado?

Hoje prometo ser breve, até porque nesse décimo primeiro dia, não aconteceu nada de tão “bombástico”

Mas antes de começar a falar quero dizer que se alguém se sente “ofendido” com as atitudes pobres de outra pessoa, me avise pelos comentários, Twitter ou Facebook sobre isso. As vezes não consigo ler todos os comentários, então algumas coisas passam despercebidas. Vocês tem toda a liberdade para demonstrarem que estão ofendidas, e por isso é minha obrigação consertar isso. Ok? Já estou cansada desse povo “ridículo”! Como já percebi que responder não adianta, então o negócio é IGNORAR!

Bem,

Agora…

Eu realmente me divirto aqui!

Gatanatuba ou Mimim? Como posso chamar você?

As pessoas não sabem o que é um IP?

Qual é o prazer em SIMULAR uma briga? Apenas para conseguir atenção?

Juro que vou ignorar isso!

Até porque apesar de tudo você tem o meu respeito flor.

Isso cansa!

[..]

Percebi que o post anterior deu uma grande repercussão, devido ao fato de eu ter afirmado que a foto da autópsia não tinha o umbigo do Michael

#Funny!

Realmente..

Eu nem vou responder sobre isso

Desde quando uma foto tirada de uma fonte é mais “confiável” do que a outra?

Nada irá tirar da minha cabeça que ALI tem DOIS CORPOS SIM, ou então eles clarearam de PROPÓSITO para simular a Vitiligo

Como eu disse no post ANTERIOR o problema não é o clareamente de pele, mas sim o clareamento estar repartido em linhas. E isso não é normal.

Enfim,

Peguei a foto da TMZ (conforme pedido), e coloquei ao lado do UMBIGO real do Michael.

Deixarei o ÓBVIO servir como a minha resposta

Agora,

Vamos falar sobre o décimo dia do Julgamento de Conrad Murray

Foi noticiado o seguinte:

Especialista diz que Conrad Murray é o culpado pela morte de Michael

Um cardiologista colaborador do Medical Board of California, o organismo que regula a prática da medicina na Califórnia, afirmou nesta quarta-feira que o médico Conrad Murray foi o responsável pela morte de Michael Jackson por cometer sérias negligências.

O médico Alon Steinberg protagonizou a sessão na Corte Superior do condado de Los Angeles onde Murray enfrenta acusação de homicídio culposo (sem intenção de matar) pela morte do rei do pop e pelo que pode ser condenado a quatro anos de prisão.

Steinberg, quem tentou criar empatia com o júri, defendeu com veemência sua tese de que o médico particular de Michael foi o responsável pelo o que ocorreu com o artista, uma conclusão à qual chegou após estudar as justificadas do acusado durante a investigação.

“Se Conrad Murray não tivesse desviado os padrões médicos de seis maneiras diferentes Michael Jackson estaria vivo”, garantiu Steinberg, para quem o primeiro erro cometido por Murray foi administrar propofol ao cantor.

“Nunca ouvi falar de nenhum médico que usasse propofol para tratar insônia, isso é uma grave negligência” apontou Steinberg, quem culpou Murray também de não ter o equipamento necessário para controlar o estado do paciente nem para atendê-lo corretamente em caso de complicações.

A testemunha recriminou o médico por se ausentar do quarto e deixar o paciente sedado sozinho, o que considerou o mesmo que abandonar sem vigilância um bebê dormindo.

Steinberg considerou que Murray se equivocou ainda na hora de atender o cantor quando se deu conta de que algo não estava bem.

“Ele não seguiu os protocolos. É estranho um médico não ligar para o 911 (telefone de emergência nos Estados Unidos). É um conhecimento básico. Ao invés disso chamou o assistente de Michael”, disse e acrescentou que Murray também não soube fazer de forma correta a reanimação do artista.

[..]

Concordo plenamente!

Disse e repito: se Murray matou Michael Jackson ele deve ser PRESO!

Agora,

Se ele não matou…

Esse é o tipo de coisa que só poderemos ter a certeza, quando no final de outubro anunciarem a condenação de Murray

Por que se preocupar tanto?

Só me deixa fazer uma breve observação?

Ele diz:

“É estranho um médico não ligar para o 911..”

Oi?

Desde quando Murray não ligou para o 911?

Ele ligou SIM, mas ligou tarde demais..

Dizer que “NÃO LIGOU” é diferente de “LIGOU TARDE DEMAIS”

É  incrível como todos os dias tem uma contradição

E contradição maior que o rosto de Steinberg rindo durante seu depoimento, bem dai é dificil de imaginar. Se bem que Nicole Alvarez ainda é a minha predileta.

Nader Kamangar: especialista em distúrbios de sono

Quem também foi ouvido nesta tarde de quarta-feira (12) foi o especialista em distúrbios de sono e doenças pulmonares, Nader Kamangar. Ele disse ao júri que cuida do caso de Conrad Murray que o uso de Propofol sem um cuidado médico é “inconcebível”.

O médico, que é membro do Conselho Médico da Califórnia, disse ter encontrado muitas divergências no tipo de cuidado que Murray teve com Michael Jackson, já que ele acreditava que o problema de MJ era insônia.

“A insônia é um problema muito comum, assim como o uso diário do Propofol como forma de tratamento. Mas é com muito cuidado porque quando usado com outro sedativo, pode ser extremamente imprevisível. Os pacientes que usam Propofol precisam ser monitorados de perto porque o estado de saúde deles pode mudar a qualquer instante”, declarou Nader Kamangar.

Com uma opinião similar ao da primeira testemunha, o Dr. Alon Steinberg, ele acha que o tratamento escolhido que o médico Conrad Murray deu para Jackson foi uma “negligência grosseira”.

[..]

Desculpa, mas eu ri!

O que eu disse acima?

É incrível como todos os dias tem um contradição +1

Sendo assim me acompanhe,

A primeira testemunha disse:

“Nunca ouvi falar de nenhum médico que usasse propofol para tratar insônia, isso é uma grave negligência” apontou Steinberg

A segunda testemunha disse:

“A insônia é um problema muito comum, assim como o uso diário do Propofol como forma de tratamento”

Damn!

Então É ou NÃO É permitido usar propol para tratar insônia?

Uma contradição que muda tudo! Entende!?  

Por que isso acontece e NINGUÉM presente nesse tribunal percebe?

Fico me perguntando isso todos os dias..

Por fim, a defesa de Murray desiste da Teoria de que Michael teria se assassinado. Também não é para menos, levando em consideração que essa Teoria sempre foi ridícula

Leia:

Conrad Murray desiste de dizer que Michael Jackson “se matou acidentalmente”

Conrad Murray desistiu de dizer que Michael Jackson decidiu se automedicar, afirmou Michael Flanagan, advogado do médico, no Tribunal Superior de Los Angeles, nesta quarta-feira (12), durante o julgamento sobre a morte do cantor, ocorrida em junho de 2009.

Segundo o site “TMZ”, o advogado anunciou que Murray está abandonando o argumento de que o astro se matou acidentalmente ao usar em si mesmo, por via oral, a substância Propofol.

Flanagan alegou que um estudo independente feito pela defesa mostrou que engolir Propofol não produziria resultados fatais.

Outro advogado, Ed Chernoff, disse na abertura dos trabalhos que iria mostrar Michael usando sozinho a medicação. De acordo com a publicação, ele ainda pode argumentar que o cantor aplicou a dose fatal após “acordar e se sentir frustrado”.

[…]

Hmmm..

“Ed Chernoff disse na abertura dos trabalhos, que iria mostrar Michael usando sozinho a medicação”

? ?

Bem se isso realmente acontecer, será praticamente uma declaração para inocentar Murray

Porém eu não acredito nisso, pelo simples motivo de que Michael quer “zelar” a sua imagem

Apesar que “drogado” se tornou bastante comum quando pensamos em Michael Jackson. E eu não estou sendo irônica.

Eles conseguiram nos surpreender até com uma foto de autópsia! Nada poderá ser mais chocante que isso.

Minha opinião?

Como dizem por ai: “Se declare CULPADO que a pena é menor..”

Isso é praticamente um jargão dos advogados, pois reconhecer o ERRO é muitas vezes a melhor e a mais SÁBIA saída.

Errar é humano!

Enfim,
Que venha o próximo!

O sábio sempre procura aprender. O ignorante sempre quer ensinar

Michael is alive!

Fonte: Pri Abrantes em http://mulheresluxo.wordpress.com/2011/10/13/julgamento-conrad-murray-decimo-primeiro-dia/

Minha consideração:

Estamos aqui firmes e fortes, embora esse julgamento anda tocando nos nossos nervos e ficamos com os nervos a flor da pele, mas talvez ele vai passar a pena dele em casa, prisão domiciliar! Beijos Marila Hoppe


15/10/2011 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário

O décimo dia!


Créditos: Pri Abrantes. Beijos Marila Hoppe

Julgamento Conrad Murray: décimo dia

11 11America/Bahia outubro 11America/Bahia 2011

Boa Noite!

Antes de começar a desabrochar a minha estupidez, traduzida na minhas tentativas frustrantes em manipular vocês, quero dizer que pela primeira vez eu não tenho nada para dizer.

Sim, eu não tenho.

Sabe aquele momento que você já repetiu tanto sobre a mesma coisa, que até cansou de assopras em suas pausas?

É isso.

É isso ou nada.

Eu mesma não entendo minha enormíssima paciência de ficar à toa, só pensando, pensando e sentindo.

Acho que chegamos ao ponto de termos nossas certezas pelo menos apontadas para algum lugar, pelo menos para nos iluminar em 10% de nossa escuridão

Me desculpa se eu pareço um pouco fechada hoje, é que pela primeira vez estou cansada.

A última coisa que preciso ouvir HOJE é que sou manipuladora.

Eu posso ser tudo, menos tão genial assim.

Um pecado é ruim, mas pior ainda é a hipocrisia!

Sei que hoje todos estão “chocados” com a foto da autópsia de Michael, até porque eu posso me considerar como uma fã que também se assustou.

Por alguns segundos vivi aquela dualidade do MEDO x CORAGEM, mas eu precisei de apenas uma boa respirada para voltar com tudo.

Quem vive com medo nunca será livre, pois acredito que é com a audácia que se cobre grande pesadelos.

Mesmo que pareça um pouco dificil em acreditar em mim, eu amo Michael Jackson assim como amo a minha família.

Eu jamais suportaria ver um parente meu morto, assim como nunca suportei a ideia de ver MJ sem vida.

Por outro lado eu sempre desejei isso, pois sabia que seria o único meio de acreditar OU NÃO que ele realmente tinha ido embora. E assim…voltar a ter uma vida normal.

Eis que surge a foto da maca!

Um foto tão falsa que serviria mais como uma estória do que História..

Então,

Diante de tanto apelo, eles me divulgam HOJE  a foto da autópsia

Falarei sobre isso mais a frente, porque AGORA precisamos discutir sobre as palavras de Murray:

Em gravação Murray diz:

“Médico disse à mãe de Michael que não sabia a causa da morte

Na gravação do depoimento de Dr. Murray, feito pela polícia logo após a morte de Michael Jackson, o médico contou que falou à mãe do cantor que não sabia a causa de sua morte. A fita foi apresentada nesta terça-feira (11) no início da terceira semana de julgamento.

Katherine Jackson teria perguntado a Dr. Murray a causa da morte do filho. Segundo seu depoimento, o médico disse que não sabia o motivo e aconselhou a família fazer uma autópsia, porque ele também queria saber o motivo.

Na gravação à polícia de Los Angeles, Murray também contou que não sabia que Michael Jackson fumava maconha e disse que o cantor consultava outros médicos, como era possível ver nos frascos de remédio.

O médico também disse que prescreveu lorazepam, valium e flumax.

Depois de mostrar a fita, a promotoria chamou o investigador Scott Smith para depor novamente. No depoimento, ele contou que a polícia descobriu que as encomendas de propofol estavam sendo entregues na casa da namorada de Dr. Murray e que o anestésico não foi encontrado no carro do médico.

Na gravação, Murray conta que Paris, a filha  de Michael Jackson, ficou muito desesperada ao receber a notícia da morte do pai no hospital e disse que não queria ser uma órfã. “Ela disse para mim: “Você salvou muitas vidas. Por que não salvou meu papai?”. “Respondi que tinha feito o meu melhor”, afirmou Conrad na gravação.

No áudio, ele também contou aos policiais que a menina e os outros filhos do artista, Prince e Blanket, viram o corpo do pai morto, o que foi permitido pelos assistentes sociais do hospital. O médico também revelou que segurou a mão de Katherine Jackson ao contar que Michael havia morrido.

Ainda na gravação, os policiais contaram a Murray que haviam encontrado maconha no quarto de Michael e perguntaram se ele sabia se o popstar fumava a erva. O médico respondeu que não. Ele também afirmou para os policiais que o cantor enxergava tão mal que ele podia ser considerado “legalmente cego”.

Fonte TMZ/Terra

O que é isso?

Murray apenas querendo jogar a culpa em outro médico..

Mas o interessante aqui mesmo é:

 – Por que estão tentando colocar Michael como um cara tão doente, que poderia ser declarado morto ainda em vida?

É sério isso!?!?

Eu não estou sendo ironica..

Michael Jackson não estava assim em This is it, então não me faça acreditar nisso ok?

Sou cética!

Só acredito naquilo que eu vejo..

Bem,

Esse tipo de notícia não tem muito o que questionar, até porque Murray está apenas tentando MAIS UMA VEZ justificar seus erros , e jogando assim a culpa em terceiros

Aliás, essa história de “médicos” para o único paciente foi a causa PRINCIPAL da morte de Heath Leadge (O Coringa), onde nenhum médico foi preso pelo simples motivo que a culpa ERA DELE em ter consultado mais de um médico

Enfim,

É esperar para ver!

Agora vamos para o assunto principal?

Vamos falar sobre a foto da autópsia de Michael Jackson!

O legista Christopher Rogers foi quem publicou isso:

Dr. Christopher Rogers, legista que fez a autópsia no corpo de Michael Jackson, disse que o cantor morreu por homicídio. O médico depôs nesta terça-feira (11), na terceira semana de julgamento de Dr. Conrad Murray.

Perguntado pela promotoria como teria sido a morte do cantor, o legista disse que o cantor morreu por homicídio, já que ele não teria condições de acordar e se automedicar em apenas dois minutos. Dr. Murray alega deixou seu paciente sozinho no quarto por esse período para ir ao banheiro.

Dr. Rogers também contou que a causa da morte foi uma intoxicação de propofol agravada por diazepam e lorazepam. Em seguida, o promotor David Walgren mostrou uma foto do corpo de Michael Jackson após a autópsia.

Dr. Rogers também contou em sua perícia descobriu que Michael Jackson tinha a próstata inchada, o que lhe causava problemas para urinar, e que seu coração era saudável

[…]

“..seu coração era saudável”

Se ele não tinha problemas de coração, porque tinha ao lado um cardiologista?

“..David Walgren mostrou uma foto do corpo de Michael Jackson após a autópsia..”

Após a autópsia?

Mas se a foto é PÓS autópsia,

Por que não tiraram então o tubo na boca dele, assim como a fita azul no pulso ?

Concordo com tudo que o legista disse!

Se Murray matou Michael, ele merece apodrecer na cadeira. Eu nunca disse o contrário..

Mas o fato é que Murray está sendo condenado por ERRO MÉDICO, e não por assassinato.

Ele não tinha a intenção de matar Michael, e isso muda tudo.

Agora,

Por que ele não diz o motivo de não ter assinado o atestado de óbito?

(risos..)

Primeiro: FOCO!

Essa foto têm tantos erros quanto a primeira, mas eu devo confessar que essa é mais ÓBVIA do que a anterior.

A primeira coisa que reparei nessa foto foi:

– Onde está o umbigo de Michael Jackson?

É sério isso!

Eu não criei isso, e muito menos estou te forçando a concordar comigo

Mas..

Uma foto sem umbigo é no minimo “constrangedor”

Sabe o que lembrei?

Alguns meses atrás aquele comercial da Havainas com a atriz Fernanda Vasconcelos virou motivo de “piada”, depois que a atriz apareceu sem o umbigo no comercial

#reflita

Mas voltando a foto..

Meu caro,

Por favor não seja cruel comigo!

Michael Jackson era branco como algodão, então me explica como na perna dele está morena, na barriga (sem umbigo) está branca, e logo acima temos outra cor de pele?

E não venha me dizer que é Vitilo e etc.

Pense comigo!

Eu coloquei um traço acima do peito do Michael; que aliás também não aparece na foto; para você perceber que naquela parte marcada entre os traços que fiz, existe uma diferença na tonalidade da pele compara ao ombro e a barriga

Percebeu?

Então..

Como essa diferença na pele pode ser RESULTADO de Vitiligo, se a cor da pele muda formadando exatamente uma linha PERFEITA?

Seria Vitiligo se essa mesma tonalidade fosse espalhada pelo resto do corpo, mas não de forma harmônica, pelo simples motivo que a doença não é baseada em álgebra. Ela simplesmente aparece se espalhando, mas NUNCA formando uma linha perfeita

Entende o que eu quero dizer?

Que essa pele que está ENTRE as linhas que fiz, não faz parte DESSE “CORPO”

= montagem

Essa é a razão inclusive de não aparecer OS PEITOS de Michael

E o que dizer da barriga?

Além de não ter umbigo (o que é extremamente cômico), não demonstra em nenhum momento que se trata de Michael Jackson deitado ali

Ei!

Michael era tão magrooooo

E aquela curva que seria a virilha dele, é origem de um corpo um pouco mais “gordo” que Michael

Aliás,

Alguém me explica como uma pessoa morta está com a barriga “cheia” ?

Com as linhas que fiz na foto fica MUITO CLARO (pelo menos para mim), que essa barriga sem umbigo, faz parte do corpo que possui aquele mesmo ombro.

Isso fica mais fácil de perceber se você “deletar” a pele que está entre as linhas, e unir na sua mente a barriga com o ombro

Viu? Agora sim temos uma pele com a mesma tonalidade!

E as pernas brancas?

Elas fazem parte do corpo que é dono desse peito “branco”

Faça o mesmo exercício que citei acima, e una as pernas com o peito, e a parte de baixo do pescoço

= pele com a mesma tonalidade

Por fim junte o joelho, com a barriga, com o ombro e a cabeça

Viu de novo?

Agora sim temos uma pele com a mesma tonalidade! +1

Fiz uma demonstração rápida para vocês!

Cortei o corpo seguindo o exercício que citei acima, assim como a junção da tonalidade das peles:

Sorry!

Mas digo e repito:

– Vitiligo não atinga a pele seguindo uma linha, ela se espalha em partes do corpo

O que eu quero dizer é:

Por mais que não tenha dois corpos ali, eles aplicaram uma luminosidade na pela com o objetivo de criar a sensação da existência de Vitilo

Mas….

Como essa diferença na pele pode ser RESULTADO de Vitiligo, se a cor da pele muda formadando exatamente uma linha PERFEITA? +1

Eles manipularam a foto!

Cabe a você aceitar isso ou não Cale a boca!Cale a boca!

Peguei a foto da maca para comparação, e notei que no pulso deformado que agora ficou normal, está faltando o esparadrapo e os algodões que estavam na primeira foto

Eles podem ter tirado ?

Ok, aceito isso

Mas se a foto é PÓS autópsia,

Por que não tiraram então o tubo na boca dele, assim como a fita azul no pulso ? +1

Aliás,

Você sabia que uma autópsia tem o corte em forma de “Y” no peito?

Por que não vemos isso em Michael?

Quero dizer,

Ele não parece que saiu de uma autópsia amores.

O corpo dele está intacto, sem cortes, e ainda com aparelhos hospitalares

WTF!

Hmmm..

Desculpa dizer isso, mas nunca vi uma pessoa na autópsia com algodão e tubo na boca

Acho que houve um “engano” ao dizer que essa foto é PÓS autópsia. Não é possível!

E agora sim o furo do queixo do Michael apareceu!

Sabe o que é engraçado disso tudo ?

É que as pessoas acham “normal” uma foto de uma autópsia aparecer sem umbigo

Elas adoram me ofender com suas Teorias de respeito e etc, mas não param para pensar sobre isso!

Como podem achar isso normal ?

Já disse aqui uma vez:

ERROS asssim não são de amadores de photoshop, ainda mais vindo da categoria de Michael Jackson. Esses erros existem por uma única razão: para nos ALERTAR!

Tenho o prazer de trabalhar com photoshop TODOS OS DIAS, então graças a Deus sei reconhecer quando existe algo de errado em uma foto

Quer dizer,

Nem precisa entender muito disso para notar a ausência do umbigo e peito

E para tornar a coisa mais “intrigante” ainda, eles conseguiram MAIS uma vez ERRAR uma data importante

Na foto da autópsia eles colocam como se Michael tivesse morrido no dia 25 de Agosto de 2009

Apenas um erro ?

Ain!

Então eu resolvi procurar por essa data, que quase caiu no aniversário do próprio Michael.

E mais uma vez me FASCINEI com o que achei

25 de Agosto de 1935 foi o dia que aconteceu “a maior mentira já publicada na imprensa”

Leia isso:

Na primeira metade do séc. XIX, mais precisamente em 1833, teve início na imprensa norte-americana um fenômeno que ficou conhecido como “Penny Press Era”, quando tabloides baratos de grande circulação invadiram os lares dos operários assalariados e imigrantes, que começavam a formar uma parcela significativa da população americana. 

O jornal que lançou o formato foi o nova-iorquino Morning Post, e em Setembro do mesmo ano, Benjamin Day lançou o New York Sun, com uma linguagem mais simples, direta e focada em histórias de interesse humano. E foi nos escritórios do “The Sun” que em 1835 começou a ser publicada a história que transformou-se em um dos maiores boatos jornalísticos da história da imprensa mundial, conhecido como “O Grande Boato Lunar”.

Richard A. Locke, um inglês de 35 anos, era apenas mais um imigrante tentando a sorte na América, batendo à porta de vários jornais até conseguir uma chance no The Sun em 1835.  Com o intuito de aumentar as vendas do tabloide e mostrar aos editores seu potencial, aproveitou uma viagem que Herschel fazia pela África do Sul para criar uma história sensacional, mas totalmente falsa, sobre a descoberta de uma civilização selenita.

A Lua, além de ser coberta de vastos oceanos e densas florestas, é casa de um povo mistura de gente com morcego e urso, que ocupa uma estranha pirâmide. Esse é o tipo de descoberta que as pessoas liam no jornal New York Sun há exatos 175 anos.

A Grande Farsa da Lua, um conto fantástico sobre vida extraterrestre na Lua publicado pelo New York Sun, é talvez a mentira mais famosa já publicada em um jornal em toda a história da imprensa.

Tudo começou dia 25 de agosto de 1835, há exatos 175 anos hoje, com um artigo que tinha a seguinte manchete:

Esse artigo, o primeiro de uma série de seis, descrevia uma série de descobertas feitas por Sir John Herschel, possivelmente o melhor contemplador de estrelas de seus tempos, publicada inicialmente no Jornal de Ciência de Edimburgo. Usando um “telescópio de vasta dimensão e com um base totalmente nova”, Herschel descobriu que nossa Lua estava cheia de moradores. Entre eles: unicórnios, bisões, e castores que ficavam em pé. O quarto fascículo da série revelou a maior descoberta de todas: uma civilização de humanoides inteligentes com corpo de morcegos morando na Lua

Locke então deixou sua imaginação fluir, descrevendo florestas, rios habitados por castores gigantes e estranhos seres anfíbios, campos onde Unicórnios Azuis e animais parecidos com bisões e cabras pastavam tranquilamente, e o mais incrível, humanoides alados, com cabelos cor de cobre e asas parecidas com as de morcegos.

Esta história que hoje seria considerada ridiculamente infantil e ingênua causou um alarde nunca antes visto na época. Vários outros jornais dos Estados Unidos e do exterior repercutiram e republicaram a notícia, sendo que alguns deles chegaram a citar que também haviam mandado correspondentes à África do Sul, adicionando alguns outros elementos ao boato. 

Depois de alguns dias publicando as histórias, Locke percebeu que não poderia sustentá-las por mais tempo, já que a notícia fatalmente chegaria até a África do Sul, e iriam começar as checagens de sua história, eventualmente com declarações do próprio John Herschel.

Foi então que o The Sun publicou uma triste história anunciando que um trágico incêndio havia reduzido todo o observatório sul africano a cinzas, acabando prematuramente com as pesquisas lunares.

O segredo sobre as falsas informações só foi revelado dia 16 de setembro, quando Richard Adams Locke, um repórter do Sun formado em Cambridge, confessou que o artigo sobre as pessoas-morcegos e todo o resto foi criado baseado não em páginas de um jornal de ciência mas sim em sua fértil e livre imaginação. Mas nessa época a circulação do Sun era enorme e vários jornais rivais reproduziram a história.

Cerca de um mês após o término das publicações, Locke confessou a fraude, insistindo que não se tratava de um boato, mas sim de uma sátira de outras histórias publicadas previamente sobre o tema. Apesar disto, o The Sun continuou negando a fraude. Logo o assunto foi suplantado por outra manchete: O Grande Incêndio de Nova Iorque, que destruiu grande parte da cidade em Dezembro do mesmo ano (1835).

O jornal nunca pediu desculpa pelos artigos nem admitiu a farsa.

[…]

Hmmm..

Jornal The Sun?

#reflita

25 de Agosto de 1935 : o dia que foi publicado “a maior fraude da imprensa”

Apenas coincidência?

Não esqueça que elementos que envovem “Hoax” é o que mais tem nessa História.

Como esquecer de P.T Barnum, O Gigante de Cardiff e por ai vai..

E falando em Gigante de Cardiff, eu não poderia deixar de falar sobre o Tributo

Resumindo: nada de importante!

O que eu vi foi os irmãos de Michael excitados em cantar no palco, assim como os filhos de Michael Jackson que roubaram a cena esvanjando sorrisos e simpatica.

Adorei a jaqueta de Thriller na Paris!

Mas alguém ali me chamou a atenção: Blanket

O único que me passa seriedade..

Vou dizer o que eu já disse no Facebook:

“Sinceramente esperava mais desse Tributo para Michael, e por mais que tudo isso seja doloroso, afinal um dia antes Murray dormia encima da mesa do Tribunal, a família pouco “se importa” com o fato de que naquele momento, estava acontecendo o Julgamento do assassino de Michael Jackson. E apesar das pessoas adorarem apontar o dedo para mim e dizer: – Ei você não respeita Michael Jackson e blá blá blá, elas deveriam era se preocupar MAIS com as caras e bocas de toda a família de Michael Jackson durante o seu tributo, e a forma frustrante que tentaram se promover. Agora uma coisa sim fez eu perder o ar: BLANKET! O único com BOM SENSO! Ele se parece tanto com o seu pai! Uma criança que com as mãos no microfone não sabia o que dizer diante de tantas pessoas, e que provavelmente se desesperou tanto que chorou. Não peça que um menino se comporte de outra maneira. Ele não é artista, ele é apenas filho de Michael Jackson. E não escolheu isso. Ele sente a falta do pai que está em algum lugar, mas é muito jovem para entender o sentido das coisas. As lágrimas de Blanket para mim foram isso, mas se eu não fosse tão teimosa eu diria que naquele dia, ele apenas queria ter o seu pai de volta. LOVE”

Enfim,

Ainda bem que o meu pensamento é tão discreto, silencioso e ingênuo que é ignorado.

Não adianta querermos ser claros. A lógica não convence, a explicação nos cansa. O que é claro não é preciso ser dito.

Acho que já falei demais por hoje

Michael is alive! 

Fonte: Pri Abrantes em http://mulheresluxo.wordpress.com/2011/10/11/julgamento-conrad-murray-decimo-dia/

Minha consideração:

Eu vi que nessa foto a gente não consegue ver o umbigo e os dedos dele parecem cortados, é uma foto feita pelo photoshop e ela é bem estranha! Beijos Marila Hoppe

 


15/10/2011 Posted by | Uncategorized | 2 Comentários

Voltando para casa por conta própria.


Créditos: Lyllyan. Beijos Marila Hoppe

Família Jackson volta para casa por conta própria

 Olá,

Vários membros da família Jackson terão que voltar para casa por conta própria porque a empresa que deveria fornecer as passagens do País de Gales para EUA cancelou os bilhetes tudo porque a Global Live não fez os devidos pagamentos.

1016_3t_taj_tj_tarryl_MJ_getty_EX
A Entertainment Travel Company afirma que a Global Live (empresa organizadora do Tributo a Michael Jackson) deve para eles o montante de U$ 200.000 em passagens aéreas para a família Jackson, Christina Aguilera e sua equipe, Jamie Foxx, Heavy D e mais 50 funcionários da Global Live e outros mais.

O representante da Entertainment Travel Co disse que não teve escolha a não ser cancelar as passagens que foram reservadas para a banda 3T (composta pelos filhos de Tito Jackson).

O mesmo representante ainda disse que deram o tempo necessário para o pagamento, mas que o próximo passo é entrar em contato com um advogado.

Nenhum representante da Global Live foi encontrado para comentar o assunto.

organizador-do-michael-jackson-tribute-e-acusado-de-nao-pagar-as-passagens-aereas

Ganância e falta de organização só poderiam dar nisto.

Lyllyan

Fonte: TMZ

Fonte: Lyllyan em http://newspressrelease.wordpress.com/2011/10/15/familia-jackson-volta-para-casa-por-conta-propria/

Minha consideração:

O que começou errado só podia terminar errado mesmo, é por isso que muita coisa deu errado nesse tributo, e o tributo estava muito mal organizado! Beijos Marila Hoppe


15/10/2011 Posted by | Uncategorized | 6 Comentários

Pode atrasar o julgamento de Murray.


Créditos: Lyllyan. Beijos Marila Hoppe

Julgamento do médico de Michael Jackson poderá atrasar

 Olá,

O julgamento do ex-médico de Michael Jackson, Dr. Conrad Murray, poderá sofrer um atraso devido a morte de um familiar da última testemunha da acusação.

O especialista em anestesias, Dr. Steven Shafer iria depor ainda nesta semana que finalizou, mas infelizmente seu pai veio a falecer.

O procurador David Walgren disse que irão esperar pelo depoimento do Dr. Steven Shafer quando ele retornar do funeral do pai.

Lyllyan

Fonte: The Hollywood Reporter

Fonte: Lyllyan em http://newspressrelease.wordpress.com/2011/10/14/julgamento-do-medico-de-michael-jackson-podera-atrasar/

Minha consideração:

Ontem mesmo eu li algo em que falava que o julgamento podia ser adiado, agora eles estão falando que o julgamento pode atrasar, espero pelas próximas cenas desse circo! Beijos Marila Hoppe


15/10/2011 Posted by | Uncategorized | 4 Comentários

MJ era brincalhão.


Créditos: Lyllyan. Beijos Marila Hoppe

Patti Austin e Flo Anthony contam que Michael Jackson era um brincalhão

 Olá,

Como o julgamento cheio de barreiras do Dr. Conrad Murray pela frente, este médico infame não é o único com uma reputação em jogo.

Patti Austin

O caso revelou uma versão que não faz jus a de Michael Jackson, como um homem dependente de medicamentos totalmente arruinado que não conseguia ter pensamentos claros e nem a adormecer à noite.

Mas anos atrás quando dois amigos compareceram para no The Joy Behar Show, Michael Jackson e Patti Austin ganhadora do Grammy, uma diferente energia surgiu.

Patti Austin, conhecia Michael há 30 anos, disse para Joy sobre ele: “Michael era um beija-flor, sempre tinha energia. Ele estava sempre pegando fogo.” Mas o Rei do Pop também tinha um papel de “bobo” em estúdio, lembra Austin no sentido de ter muito bom humor e uma grande mania de pregar peças nos outros.

E, claro, que nenhuma discussão sobre o excêntrico Michael Jackson ficaria de fora sem mencionar o seu animal de estimação, Bubbles o chimpanzé.

O amigo Flo Anthony se lembra de Bubbles “nem sempre Bubbles foi um chimpanzé agradável, mas ele chegou lá.”

Flo Anthony

Embora Bubbles gostasse no começo terrivelmente de McDonalds, mas Michael aprendeu a cuidar de Bubbles adequadamente, e logo o chimpanzé já estava fazendo até moonwalker para a mídia para a turnê que aconteceu no Japão.

Mas em seu todo, a imagem de Michael Jackson era evidentemente de um homem tímido e complexo, com um incrível talento e bagagem.

O que parecia estranho para muitas pessoas o seu comportamento, mas muitas vezes era apenas sua maneira de forjar a felicidade de uma vida sem qualquer aparência de normalidade.

Esta entrevista com a Patti Austin e a Flo Anthony irá no ar no dia de hoje às 22h00 na ET HLN.

Para assistir a entrevista, clique aqui:

Fico feliz que o Michael Jackson ainda tenha amigos que o defende desta palhaçada da mídia…

Lyllyan

Fonte: CNN

Fonte: Lyllyan em http://newspressrelease.wordpress.com/2011/10/14/patti-austin-e-flo-anthony-contam-que-michael-jackson-era-um-brincalhao/

Minha consideração:

É da natureza de Michael Jackson ser uma pessoa brincalhona e muito querida pelas pessoas, o amo muito e ele sempre vai ser essa criança que nunca cresceu! Beijos Marila Hoppe


15/10/2011 Posted by | Uncategorized | 2 Comentários

Amizade com Michael Jackson.


Créditos: Laura Agossini. Beijos Marila Hoppe

Por: Laura Agossini | Foto: Divulgação | 14/10/2011 | 18:03

Filha de Quincy Jones fala da amizade com Michael Jackson

A atriz Rashida Jones conta que sempre saía para passear com o astro pop

Rashida Jones, a filha do produtormusical Quincy Jones, revelou que tem excelentes recordações de Michael Jackson, mas admite que o pop star era “meio alienígena” para a maioria das pessoas.

A atriz, de 35 anos, cresceu em volta do Rei do Pop por causa da amizade do cantor com seu pai, que produziu três álbuns clássicos de Michael (Off the Wall, Thriller e Bad), mas diz que sua personalidade excêntrica e sua natureza doce e gentil não estavam em sintonia com o resto do mundo.

 “Michael basicamente cresceu conosco e tenho um milhão de lembranças dele. Frequentávamos a casa um do outro o tempo todo. Ele era meio “alien”, claro, e quando eu era pequena, parecia ter a minha idade e não ser 18 anos mais velho”, disse Rashida à revista Playboy.

Quando Rashida cresceu, passou a sair com Michael. Ela conta que o pop star, que morreu em junho de 2009, aos 50 anos, gostava de dirigir secretamente por Los Angeles jogando água nos outros com uma pistola infantil.

“Quando cresci, nós saíamos pela cidade  juntos. Ele usava aquelas máscaras cirúrgicas. Um dia, eu, minha irmã, Michael e Emmanuel Lewis entramos em um carro com pistolas de água, fomos a um cinema e molhamos todo mundo que estava na fila. Eles não tinham a menor ideia de que estavam levando um banho do Rei do Pop.

Fonte: OFUXICO em  http://ofuxico.terra.com.br/noticias-sobre-famosos/filha-de-quincy-jones-fala-da-amizade-com-michael-jackson/2011/10/14-120484.html

Minha consideração:

É lindo saber de pessoas que admiram e amam ao Michael Jackson ainda, com certeza ele tem histórias muito bacanas que ficaram marcadas na vida das pessoas! Beijos Marila Hoppe


15/10/2011 Posted by | Uncategorized | 4 Comentários

Tarefa difícil.


Defesa do médico de Jackson tem tarefa difícil em julgamento

14 de outubro de 2011 18h31 atualizado às 18h32

Depoimento de Conrad Murray ainda é incerto. Foto: Reuters
Depoimento de Conrad Murray ainda é incerto
Foto: Reuters

A defesa no julgamento do médico de Michael Jackson vai dominar as atenções na próxima semana, e uma pergunta importante ainda não foi respondida: o Dr. Conrad Murray será chamado para depor?

Após três semanas de depoimentos em vários casos prejudiciais ao médico acusado de homicídio involuntário no caso da morte de Jackson, especialistas dizem que a versão dos fatos apresentada por Murray é repleta de incoerências.

Depor pode ser arriscado, se Murray não explicar com clareza aos jurados por que não tinha equipamentos adequados à mão quando Jackson morreu e por que não revelou o uso feito da droga que acabou levando o cantor à morte.

“Se eu estivesse defendendo Murray, não o colocaria no banco das testemunhas. Acho que ele só iria apanhar”, disse o advogado de defesa de Beverly Hills, Mark McBride.

Michael Jackson morreu em 25 de junho de 2009, aos 50 anos de idade, de uma overdose do poderoso anestésico propofol e um coquetel de sedativos.

Os promotores precisam convencer os jurados de que Murray foi tão negligente no atendimento a Jackson que isso levou à morte do cantor, justamente quando ele se preparava para uma série de concertos em Londres. Se for condenado, o médico pode ser sentenciado a até quatro anos de prisão.

Murray admite ter dado a Jackson uma dose pequena de propofol depois de o cantor lhe ter suplicado o anestésico durante uma longa noite insone. Sua defesa diz que subsequentemente Jackson se injetou uma dose extra, fatal, sem que Murray tivesse conhecimento disso. “O problema é que não há prova nenhuma de que Jackson tenha feito isso. Não há impressões digitais. A não ser que a defesa tenha elementos que desconheço, isso não passa de teoria”, diz o advogado de defesa criminal de Los Angeles Steve Kron.

Perguntas difíceis

A expectativa é que a defesa de Murray convoque cerca de 22 testemunhas assim que a promotoria encerrar seus argumentos, o que pode acontecer já na segunda-feira.

As testemunhas da defesa devem incluir ex-pacientes do cardiologista, especialistas médicos e talvez o ex-cabeleireiro de Jackson. Provavelmente vão descrever Murray como médico gentil e consciencioso e alegar que Jackson era viciado em propofol e outros medicamentos, sendo um paciente difícil.

Mas Murray enfrenta perguntas difíceis levantadas nas três semanas de ataques impiedosos da promotoria. Para especialistas legais, a defesa terá que esclarecer: por que Murray aparentemente não informou os médicos da ambulância ou do hospital que tinha dado propofol ao cantor; por que, como foi alegado, tentou esconder frascos do anestésico quando os paramédicos chegaram para ajudar Jackson; por quanto tempo Murray ficou fora do quarto de Jackson naquela manhã, e por que estava usando propofol, medicamento normalmente restrito a pacientes que serão submetidos a cirurgias.

Segundo McBride, os depoimentos dados à promotoria, especialmente por dois especialistas médicos que criticaram o atendimento dado por Murray, foram “muito, muito prejudiciais”.

“Por mais que eu seja um advogado de defesa renitente, não estou otimista quanto às chances do doutor”, disse o advogado.

Fonte: Terra em http://diversao.terra.com.br/gente/michaeljackson/noticias/0,,OI5413244-EI14032,00-Defesa+do+medico+de+Jackson+tem+tarefa+dificil+em+julgamento.html

Minha consideração:

Eu gostaria de ter todas as minhas perguntas em relação a este julgamento respondidas, mas pelo que estou notando nada irá ser respondido, teremos sempre as mesmas dúvidas! Beijos Marila Hoppe

15/10/2011 Posted by | Uncategorized | 2 Comentários