Michael Joe Jackson Nós Te Amamos!

Nós Te Amamos!

Falando sobre os efeitos do Propofol em MJ.


Créditos: Lyllyan. Beijos Marila Hoppe

Dr. Steven Shafer diz que é difícil saber os efeitos do Propofol em Michael Jackson

Olá,

O especialista em propofol disse aos jurados nesta segunda-feira, 24/10/11, que é difícil saber os efeitos precisos que o anestésico fez em Michael Jackson, porque ele já tinha utilizado o anestésico nos meses antes de morrer.

Conrad Murray's Defense Strikes Back at Key Expert

Dr. Steven Shafer disse esta declaração ao ser interrogado pelo advogado de defesa Ed Chernoff, que observou o risco de que Michael Jackson poderia ter parado de respirar logo nos primeiros minutos que o anestésico foi administrado no dia em que ele morreu.

Chernoff se baseou no modelo que a conclusão e a pesquisa foram feitas pelo Shafer.

“No caso de Michael Jackson, é mais difícil ter a certeza”, respondeu Shafer. “Há muito pouco, quase sem precedentes para este nível de exposição propofol.”

Shafer, um pesquisador da Universidade de Columbia e professor, disse que  Michael Jackson vinha recebendo propofol quase todas as noites durante mais de dois meses, de acordo com o depoimento do Dr. Conrad Murray para a polícia.

Shafer anteriormente testemunhou que ele acha que uma overdose de propofol matou Michael Jackson. Mas ele disse que Murray não mantinha registros sobre a quantidade que ele dava ao cantor.

Shafer comentou que a única teoria que se encaixa é que Murray começou a aplicar 100 miligramas de Propofol em torno das 9h, o que ocasionou em uma parada respiratória ao meio-dia. Se Murray tivesse acompanhado de perto o estado do cantor, teria percebido que sua respiração ficou mais fraca por volta das 11h45 e interrompido a aplicação.

Shafer é a testemunha de acusação final, e advogados de defesa deverão começar a apresentar seu caso no final do dia.

O tempo inteiro este julgamento é baseado em teoria e não na prática… Parece que estamos em uma sala de aula, pensando o que poderia ter acontecido se paciente utilizar X quantidade de tal remédio… Deste jeito fica claro que não tiveram um corpo para ser autopsiado.

Ninguém consegue afirmar a causa morte e sem falar que quanto mais as testemunhas são pressionadas, mais elas mudam a versão dos acontecimentos…

Lyllyan

Fonte: CBS News

Fonte: Lyllyan em http://newspressrelease.wordpress.com/2011/10/24/dr-steven-shafer-diz-que-e-dificil-saber-os-efeitos-do-propofol-em-michael-jackson/

Minha consideração:

Hoje foi bem cansativo, muitos recessos durante o julgamento, teve uma testemunha que falou bem rápido, não deu um minuto e ela tinha saído de lá, foi muito rápido e ela que atendeu a chamada de emergência, já o resto do dia foi muito cansativo, apareceram os vídeos que haviam sumido, o que eu achei estranho, porque tinham dito que tinham apagado sem recuperação, foi muita bagunça e na TMZ travava o tempo todo e caia a minha internet, quero confessar que eu cansei da cara desse Dr. Steven Shafer, gostei muito dessa última testemunha, ela tem a cara bem simpática, gostei dela, e as testemunhas estão sempre mudando os seus depoimentos, é tudo confuso, sem um corpo é difícil saber do que a pessoa morreu!  Beijos Marila Hoppe

OBS: Vou ter que ir, porque está chovendo muito aqui e até faltou luz antes, foi rápido, mas faltou luz, tenham todos uma ótima noite e até amanhã ás 14h(horário de verão). Parece que a sessão amanhã será um pouco mais tarde porque o presidente norte-americano estará saindo de LA pela manhã e pode haver problemas com trânsito.

24/10/2011 Posted by | Uncategorized | 8 Comentários

Janet interrompeu seus shows!


Créditos: Lyllyan. Beijos Marila Hoppe

Janet Jackson interrompe shows na Austrália para acompanhar família no julgamento

 Olá,

Janet Jackson está colocando sua turnê australiana na espera e retornando para os Estados Unidos para ficar com sua família no meio do julgamento de médico de seu irmão Michael Jackson.

Um comunicado publicado no site de Janet Jackson, diz que “depois  de discussões privadas com sua família em relação ao falecido de seu irmão Michael Jackson, tornou-se necessário” que Janet Jackson deixe a Austrália, por onde ela tinha programado várias paradas para sua turnê Number Ones.

“Quando eu planejei esses shows, a programação na Califórnia era completamente diferente. Depois de falar com minha família na noite passada, eu decidi que devemos ficar juntos agora”, disse Janet Jackson em comunicado divulgado no domingo.

“Eu estou ansiosa para estar com você no Gold Coast, Sydney e Melbourne para fazer os shows”, acrescentou ela em uma mensagem aos fãs na Austrália.

Shows agendados para quarta, quinta e sábado, em Melbourne foram remarcados para a Rod Laver Arena a noite de 03 de novembro.

Gold Coast e Sydney concertos não serão afetados pela sua viagem.

Em declaração enviada pelo seu empresário, Paul Dainty, ele disse: “É importante que Janet esteja com sua família neste momento crítico na audiência.”

“Pedimos desculpas em nome da nossa empresa e em nome da Janet por qualquer inconveniente ao reagendamento dos shows em Melbourne, agradecemos a Janet pelos seus shows e bem sucedidos em Perth e Adelaide e aguardamos ansiosamente pelo seu retorno.”

Isto é o que toda a família deveria fazer acompanhar o julgamento todos juntos e não cada um em um canto…

Lyllyan

Fonte: Reuters

Fonte: Lyllyan em http://newspressrelease.wordpress.com/2011/10/24/janet-jackson-interrompe-shows-na-australia-para-acompanhar-familia-no-julgamento/

Minha consideração:

Família unida faz a força, isso é legal da parte de Janet! Beijos Marila Hoppe


24/10/2011 Posted by | Uncategorized | 4 Comentários

Advogados de Murray em conflito.


Créditos: Lyllyan. Beijos Marila Hoppe

Advogados de Dr. Murray entram em conflito para defender o médico

 Olá,

A defesa do Dr. Conrad Murray está prestes a apresentar suas testemunhas ao júri no julgamento da morte de Michael Jackson, mas, segundo o site Radar Online, os advogados do médico estão entrando em conflitos uns com os outros.

Dr Conrad Murray and John Michael Flanagan - Arraignment Of Dr. Conrad Robert Murray

Uma fonte próxima a Conrad Murray disse que Ed Chernoff, o líder dos advogados de Defesa, não gostava do jeito com que Michael Flanagan, um dos componentes do grupo estava agindo no caso.

“Ed não gostava do jeito que Michael estava lidando com as testemunhas de acusação. Ed sentiu que Michael era muito abrasivo e irritante em seus questionamentos, e que Michael permitiu que as testemunhas esclarecem pontos que só ajudaram a promotoria. As coisas estavam ficando muito tensas”.

Alguns espectadores do tribunal ainda ficaram surpresos quando Chernoff decidiu que ele ia lidar com Dr. Steven Shafer, última testemunha da acusação e especialista em Propofol.

“Flanagan tinha se preparado por cerca de quatro meses para interrogar Dr. Shafer.  Michael estava completamente preparado e pronto para tentar achar falhas no depoimento que Shafer já havia feito”, disse a fonte do site Radar Online.

Nesta segunda-feira (24), o julgamento continua na Corte de Los Angeles, onde as testemunhas dos advogados de Defesa devem começar a ser ouvidas.

As testemunhas de acusação a cada hora diz uma coisa, e para ajudar os advogados no médico já não se entendem mais… Isto virou uma samba do crioulo doido…

Lyllyan

fonte: OFuxico e Radar Online

Fonte: Lyllyan em http://newspressrelease.wordpress.com/2011/10/24/advogados-de-dr-murray-entram-em-conflito-para-defender-o-medico/

Minha consideração:

Esse julgamento virou um circo, uma novela e teatro, e como em uma novela tinha que ter algum conflito entre os advogados, até que demorou para isso acontecer! Beijos Marila Hoppe


24/10/2011 Posted by | Uncategorized | 4 Comentários

Recomeça dia 24 de outubro o julgamento Conrad Murray.


Créditos: Lyllyan. Beijos Marila Hoppe

Defesa do médico de Jackson deve começar nesta segunda-feira (24)

 Olá,

Os advogados de defesa do medico acusado pela morte do cantor Michael Jackson devem começar a chamar testemunhas de defesa para serem ouvidas a partir desta segunda-feira (24), depois que terminar o testemunho de um especialista escolhido pela promotoria.

O médico Conrad Murray durante julgamento (Foto: AP)

Esta será a oportunidade de Conrad Murray retrucar quarto semanas de depoimentos, que reuniram 33 testemunhas de acusação que o acusaram de inepto, distraído e oportunista, além de quebrar regras legais, éticas e profissionais.

A defesa deve apresentar 15 testemunhas, embora os advogados de Murray ainda não tenham revelado se vão ou não chamar o médico para testemunhar em sua própria defesa. Os jurados ouviram o cardiologista através de um interrogatório de mais de duas horas com a polícia, e parece improvável que seus advogados submetam o cliente a perguntas dos promotores.

A nova fase do julgamento deve começar nesta segunda-feira (24), depois de o advogado de defesa Ed Chernoff interrogar Dr. Steven Shafer, o especialista em propofol que é a última testemunha de acusação. Até agora, Shafer não recuou de sua declaração de que Murray é o único responsável pela morte de Michael Jackson.

Após o testemunho de Shafer, os advogados de defesa devem pedir ao juiz que dispense a acusação de homicídio culposo contra o cardiologista. O juiz Michael Pastor dará seu parecer imediatamente e, se ele rejeitar o pedido, a defesa começará imediatamente.

Os advogados de defesa disseram que devem apresentar policiais que não foram chamados pela acusação e especialistas, entre outros. A defesa deve se apresentar até quinta-feira (27).

Murray se disse inocente das acusações, e, caso seja condenado, pode ter uma sentence de até quarto anos de prisão, além de perder sua licença médica. “Ele terá que mudar o cenário e apresentar margem para dúvidas, diz Marcellus McRae, ex-promotor federal que tem acompanhado o caso de perto.

McRae afirma que chamar Shafer como última testemunha foi um golpe de mestre da promotoria. “Tijolo por tijolo, Shafer construiu uma parede de razões científicas para concluir que dr. Murray foi negligente. Isso permite a eles dizerem ao júri que seu caso é construído sobre fatos científicos, e não teorias frágeis”.

Longe dos jurados, a teoria da defesa tem mudado nos últimos meses, da alegação de que Michael Jackson engoliu propofol e administrou a si mesmo a dose fatal a, mais recentemente, dizer que o cantor tomou várias pílulas do sedative lorazepam, o que teria causado sua morte. Eles também podem alegar que Michael Jackson aplicou nele mesmo uma injeção de propofol depois de Murray ter deixado o quarto.

Blá, blá, blá…

Lyllyan

Fonte: G1

Fonte: Lyllyan em http://newspressrelease.wordpress.com/2011/10/24/defesa-do-medico-de-jackson-deve-comecar-nesta-segunda-feira-24/

Minha consideração:

Recomeçou hoje, e foi muito cansativo, com muitos recessos, isso está cansando, mas vamos continuar firmes, pois queremos saber o que realmente aconteceu! Beijos Marila Hoppe


24/10/2011 Posted by | Uncategorized | 2 Comentários

Pode ter causado sua morte.


Créditos: Lyllyan. Beijos Marila Hoppe

Michael Jackson pode ter causado a própria morte, segundo médico anestesista

 Olá,

O julgamento de Conrad Murray, médico acusado de homicídio culposo pela morte de Michael Jackson, continua. Na noite desta sexta-feira, o anestesista Steven Shafer testemunhou no caso novamente, nos Estados Unidos. Perguntado se o cantor poderia ter causado a própria morte – ao ter removido o grampo que impedia que o Propofol fosse lançado na seringa e, consequentemente, na corrente sanguínea – Steven Shafer respondeu de maneira suscinta: “Existe uma possibilidade”, segundo o site Contact Music.

Mas o especialista disse que não mudou sua opinião sobre a culpa de Murray na morte do Rei do Pop. Shafer defende a ideia de que o médico foi negligente e provocou uma overdose de anestésico em Michael, o que gerou uma parada cardíaca.

Os legistas que cuidaram da autópsia do cantor afimaram que, além de Propofol, foi encontrado no corpo o medicamento Lorazepam, que combate a ansiedade.

Os advogados de defesa de Murray seguem com a alegação que Michael teria acordado no meio da noite e injetado uma quantidade superior de Propofol do que a recomendada pelo médico. Eles pretendem utilizar a nova afirmação de Shafer para convencer o júri de que o caso não se trata de um assassinato. Mas Shafer contradisse essa teoria, explicando que Murray teria que preparar o procedimento. Se condenado, Murray pode ser preso por até quatro anos.

advogados-do-dr-conrad-murray-diz-que-michael-jackson-nao-se-matou-sozinho

Como podemos levar a sério um julgamento que a cada momento um diz uma coisa? O próprio Steven Shafer disse que o MJ poderia ter morrido porque recebeu propofol mesmo após morto, o outro disse que é impossível alguém aplicar em si próprio o anestésico, depois os advogados disseram que ele tomou muito Lorezapam… É julgamento baseado em teorias e não em fatos reais… Portanto se tivesse um corpo eles saberiam do que ele morreu…

Lyllyan

Fonte: Pernambuco e Contact Music

Fonte: Lyllyan em http://newspressrelease.wordpress.com/2011/10/23/michael-jackson-pode-ter-causado-a-propria-morte-segundo-medico-anestesista/

Minha consideração:

São muitas contradições, cada hora eles ficam mudando o seu depoimento, isso tudo é uma palhaçada, e se realmente tivesse um corpo eles saberiam do que ele morreu!  Beijos Marila Hoppe


24/10/2011 Posted by | Uncategorized | 2 Comentários

Katherine brava com convite.


Créditos: Lyllyan. Beijos Marila Hoppe

Katherine Jackson está irritada com convite da Lingerie Football para Paris Jackson

 Olá,

Katherine Jackson está furiosa após o convite que a Lingerie Football League fez para sua neta Paris Jackson para que ela fosse a porta-voz do time.

Quero ser Startin 'Somethin'?  A mãe de Michael Jackson continua ofensiva sobre Lingerie Football League oferecer a Paris

O time que joga com suas mulheres usando apenas roupas íntimas, se aproximou de Paris de 13 anos , filha de Michael Jackson, para convidá-la e logo sua guardiã, a avó Katherine ficou com muita raiva.

Um membro da família disse ao RadarOnline: “Katherine viu isto como um ataque repugnante sobre um menor. Um adolescente ser porta-voz de liga de lingerie? Isso é muito assustador e francamente ofensivo. “Há uma tempestade infernal na dentro da família neste momento.”

paris-jackson-e-convidada-para-participar-da-lingerie-football-league

O que foi que eu escrevi no post anterior? Nunca que Michael Jackson ou a Katherine iriam permitir isto…

Onde já se viu uma adolescente representando um time de mulheres adultas só usando lingerie?

Lyllyan

Fonte: Daily Mail

Leia mais: http://www.dailymail.co.uk/tvshowbiz/article-2052106/Michael-Jacksons-mother-Katherine-goes-offensive-Lingerie-Football-League-offer-granddaughter-Paris.html#ixzz1bWJiKrGy

Fonte: Lyllyan em http://newspressrelease.wordpress.com/2011/10/22/katherine-jackson-esta-irritada-com-convite-da-lingerie-football-para-paris-jackson/

Minha consideração:

A Lyllyan já havia informado que a Katherine e o MJ não teriam gostado nada disso, eu também disse que não tinha gostado, agora essa matéria apenas reforçou isso! Beijos Marila Hoppe


24/10/2011 Posted by | Uncategorized | 5 Comentários