Michael Joe Jackson Nós Te Amamos!

Nós Te Amamos!

O décimo sétimo dia!


Créditos: Pri Abrantes. Beijos Marila Hoppe

Julgamento Conrad Murray: décimo sétimo dia

27 27America/Bahia outubro 27America/Bahia 2011

Bom Dia!

Estamos na reta final do Julgamento de Conrad Murray, e para comemorar escolhi essa imagem como exibição..rs. Sei que Michael leva as fãs a loucura com essa roupa.

Antes de começar esse post, quero dar destaque para uma frase de La Toya Jackson, que foi soltada durante uma entrevista dessa semana.

Carlos André obrigado por compartilhar isso!

Para variar, ela está promovendo o seu livro.

Então, quando perguntam sobre o Julgamento de Murray ela diz:
“Leia nas entrelinhas. É tudo uma ilusão. Todo mundo deveria assistir ao filme” O Ilusionista “.

#euri

Leia a sinopse do filme:

A Viena do inicio do século XX vê surgir a enigmática figura de Eisenheim, O Ilusionista. Seus shows são um sucesso e até a família real reconhece seu talento. Mas, o príncipe Leopold se sente incomodado com seus truques e decide desmascará-lo. Neste ponto o caminho de Eisenheim se cruza com a da bela duquesa Sophie Von Teschen, noiva do herdeiro do trono. Enquanto a paixão secreta de Sophie e Eisenheim floresce, o ciúme do príncipe chega ao máximo, e ele convoca o inspetor Uhl para acabar com o mágico. Quando Sophie é encontrada morta. Eisenheim decide usar seus poderes para revelar a verdade e prepara a última cartada, seu inesquecível “gran finale”

Pontos importantes que envolvem o filme: truques de mágica, desmascarar o truque, mágica, poder para revelar a verdade, ilusão, gran finale, ilusão

La Toya ainda me mata!

#reflita seriamente sobre isso  IntrigadoIntrigado

Bem,

eu mal posso esperar para ouvir a sentença desse bom médico.

Sim, eu estou sendo irônica

E não deveria?

O lema de ontem foi apenas um: Conrad Murray é um excelente médico!

Mas como todo individuo merece um Julgamento justo, então não cabe a ninguém julgar o que é certo ou errado.

Nesse caso devemos confiar nos jurados; mesmo que eles sejam fantasmas.

O dia de ontem foi tão “emocionante”,  que coube até espaço para as lágrimas de Murray.

Me desculpa os demais, mas pela primeira vez eu senti “pena” do acusado.

Então vamos lá?

O médico Conrad Murray não irá depor

Os advogados do médico Conrad Murray informaram nesta terça-feira ao magistrado do julgamento pela morte do cantor Michael Jackson que seu cliente, acusado por homicídio culposo, não irá depor.

E alguém esperava que Murray fosse abrir a boca?

#Humf

Vamos ao destaque do dia:

Pacientes de médico o defendem: “estou vivo por ele”

Defesa tenta provar que Murray não era ganancioso

A defesa está tentando mostrar que Dr.Conrad Murray é um grande médico com uma reputação imaculada, e para provar isso eles estão chamando vários ex-pacientes de Murray, cada um com seus elogios.  

Paciente 1:  Gerry Causey 

Causey é um paciente cardíaco, e diz que Murray salvou sua vida. Ele ressaltou que é amigo de longa data de Murray. Causey  disse que Murray é “o melhor médico” que ele já teve. Curiosamente, Causey disse aos jurados que ele não queria ser sedado durante a operação, porque estava com muito medo Então Murray atendeu ele. Ele também disse que Murray teve um grande cuidado em explicar,  tudo o que ele estava fazendo. Gerry Causey, disse que tinha consultas no escritório de Murray que chegaram a durar quatro horas e meia. Após cada consulta, Murray chamava sua esposa para explicar o que ele estava passando.

Os promotores fizeram questão de ressaltar, que tratamento de Murray foi feito em um ambiente monitorado com a ajuda de uma grande equipe.

Paciente 2: Guest Andrew


Guest Andrew disse que Dr.Conrad Murray realizou dois procedimentos diferentes em seu coração, durante o ano de 2002. “. Aquele homem sentado ali é o melhor médico que eu já vi” , disse ele. Murray muitas vezes o chamou no fim de semana, para monitorar e cuidar dele.  Durante interrogatório, o promotor Guest Andrew  perguntou a Guest: “Ele nunca deu a você Propofol em seu quarto?, então Guest respondeu:

Eu estou vivo hoje por causa desse homem

“Acredito que o Dr. Murray não está recebendo um tratamento justo”, afirmou Guest Andrew  “Acredito que ele precisa de apoio, e prezo sua generosidade e  seus cuidados”

Paciente 3: Lunette Sampson 

Lunette Sampson  que sofreu três ataques cardíacos em 2008 e 2009, disse ao júri que Murray salvou a vida dela, ao consertar uma operação mal feita de outro médico. Durante o interrogatório cruzado, Walgren sugeriu       que Murray foi capaz de corrigir o coração de Sampson, porque ele tinha acesso aos seus registos médicos.

Paciente 4:  Dennis Hix 

Dennis Hix testemunhou que Dr. Murray cuidou gratuitamente de seu coração 13 vezes. Hix disse que Dr. Murray também operou o coração de seu irmão gratuitamente, dizendo aos jurados: “Eu tenho 66 eu tenho ido a muitos médicos, e eu nunca recebi o cuidado que ele me deu” 

Paciente 5 : Ruby Mosley 

Ruby Mosley, residente de uma comunidade em Houston onde vivem pessoas de idade com dificuldades financeiras em sua maioria, contou que Murray atendia o local com frequência após a morte de seu pai, que também era médico.

Ruby Mosley disse aos jurados que Dr. Murray não pode ser ganancioso, porque ele abriu uma clínica em um dos bairros mais pobres de Houston, em honra ao seu pai.

Se esse homem fosse ganancioso, nunca teria vindo a uma área, uma comunidade como Acre Homes, com 75% de residentes pobres, que sobrevivem graças à assistência social”, desabafou Mosley.

Murray lutou contra as lágrimas, quando Moslete descreveu o interesse dele em tratar de graça pacientes que não podia pagar por cuidados médicos.  

Interrogados pela promotoria, nenhum dos pacientes afirmou ter recebido tratamento para distúrbios do sono.

Promotores do caso dizem que Murray foi motivado pelo salário de 150 mil dólares por mês, para fazer todos os desejos do cantor, e dar a dose do anestésico propofol que causou a morde do rei do pop.

Fonte: TMZ/Terra

Olha!

Eu realmente não irei comentar sobre isso, pelo simples motivo de que não tem o que comentar.

É óbvio que a defesa iria falar maravilhas dele, caso contrário não seriam testemunhas da defesa.

Não sabia que Murray além de ser um ótimo médico, também atendia pessoas com carência financeira. E o que dizer sobre o seu pai? Isso é novidade para mim.  

Dois desses pacientes já deram entrevistas falando de Murray, e assumiram que estão levantando uma campanha para ajudar ele.

Cansei de dizer aqui:

– Como um Juiz não se sensibilizaria com as palavras de uma idosa, que declara o seu amor ao médico pessoal?

A própria figura idosa ajuda a ressaltar isso, porque passa imagem de ingenuidade, pureza, respeito e sinceridade.

WTF!

Sem contar que eles choraram, quando médico anunciou que não iria mais atender eles.

E o que dizer da Igreja proclamando a sua inocência?

O fato aqui é: a defesa quer denotar que Murray é amado, responsável e que gosta de ajudar as pessoas.

Como duvidar de seus próprios pacientes?

 Hum, não fui eu!  Hum, não fui eu! 

Mas quero puxar outra linha aqui,

A defesa também quer dizer que Michael não é como esses pacientes, pelo simples motivo de que nenhum deles era viciado em remédios. Sendo assim, TODOS sobreviveram e foram salvos por Murray, porque não eram viciados como MJ.

Entende?

Eles dizem:

“ Promotores do caso dizem que Murray foi motivado pelo salário de 150 mil dólares por mês, para fazer todos os desejos do cantor..”

Engraçado,

Se Michael Jackson quer ser meu paciente, eu não deveria cobrar bem dele?

Já vimos que foi Michael quem ofereceu esse valor, então porque usam o valor do salário como uma defesa?

Eu não estou defendendo Murray, mas realmente não entendo porque se focam  no salário do médico de Michael, sendo que estamos falando de uma celebridade

Por que Murray trocaria uma lista de pacientes, para atender um paciente que não pagaria bem para ele?

Eu hein!

Então entra aquele conflito de:

Erro ou assassinato?

Oh guys!

Murray não é visto como um assassino, mas sim como alguém que errou sem querer.

Um erro grave!?!? Sim, mas não de propósito

As lágrimas de Murray foram comoventes! (E agora não estou sendo irônica)

Ruby Mosley  quase me convenceu para ser paciente de Murray.

Enfim,

Achei de uma importância tremenda esse dia, e já consigo ver qual será o destino de Murray:

= homicídio culposo!

Quando não tem a intenção de matar

Quero compartilhar agora uma observação da Tathy, que disse que supostamente poderia ser Michael nessa imagem do video da vigilância.

Então, eu joguei no photoshop para vocês analisarem

Divirtam-se!

Não estou afirmando nada, mas se for não soaria um pouco estranho ele estar ali fora, sendo que ele deveria estar dentro da casa?

Por fim,

Palavras ríspidas e argumentos pobres nunca resolveram nada.

Então,

O que você está realmente vendo?

A verdade ou a ilusão em achar que isso é verdade?

Michael is alive!

Fonte: Pri Abrantes em http://mulheresluxo.wordpress.com/2011/10/27/julgamento-conrad-murray-decimo-setimo-dia/

Minha consideração:

Esses pacientes do Michael só foram depor para dizer que o Conrad Murray é um médico maravilhoso, o herói deles, e quem vai duvidar desses senhores? Por falar nisso eles têm a cara muito boa!  E parece que a La Toya Jackson mencionou o filme O ILUSIONISTA para as pessoas assistirem, comparando com todo esse caso Murray, só que na história o ilusionista finge a morte dele e da esposa, é um filme maravilhoso, muito bom, vale assistir e o filme é de 2006!  E essa foto que a Pri nos mostrou, parece com o MJ, mas eu não sei se seria ele na frente da casa, se bem que nos meus sonhos ele tem aparecido de cabelo curto! Beijos Marila Hoppe

Se quiser baixar o filme é só clicar no link do megaupload:

http://www.megaupload.com/?d=4YOOFTGA


28/10/2011 Posted by | Uncategorized | 14 Comentários

Propofol reduziria ansiedade e insônia.


Créditos: Lyllyan. Beijos Marila Hoppe

Propofol dado a Michael Jackson reduziria ansiedade e insônia

 Olá,

Dr. Paul White, última testemunha da defesa de Dr. Conrad Murray, disse que a dose de Propofol dada a Michael Jackson reduziria a ansiedade e causaria dormência no paciente. O julgamento do médico do cantor chega ao fim da quarta semana nesta sexta- feira (28).

A defesa também apresentou nessa sexta-feira certificados que comprovam que Dr. Murray estava apto para administrar drogas para causar sedação moderada em seus pacientes.

Além disso, Dr. White disse que os gráficos apresentados por Dr. Steven Shafer especialista em Propofol que depôs pela promotoria – não fazem sentido. Nos relatórios, o médico disse que Dr. Murray teria dado dez vezes mais a quantidade de Lorazepam para atingir os níveis encontrados no corpo do astro pop.

Ele também explicou que o cenário mais apropriado para o que aconteceu no quarto na madrugada de 25 de junho de 2009 foi que Michael Jackson tomou cerca de oito pílulas de Lorazepam ao longo da noite, ingerindo duas ou três de cada vez.

Dr. White ainda disse que o motivo para terem encontrado pouca quantidade da droga no estômago do cantor é devido a sua rápida absorção do remédio pelo órgão.

A aula de Propofol e de com Lorazepam continua e eu não entendendo mais nada, pois não sei quem está falando a verdade, se é que ela existe… Agora o anestésico também serve para ansiedade… Rs

O depoimento do Dr. Paul White está deixado qualquer um pirado de vez, pois ele acabou com o depoimento do Dr. Steven Shafer, só faltou dizer que o Dr. Steven inventou sua teoria e seria outro incompetente… A coisa está feia por lá!!!

Enfim, acredito que isto poderá fazer uma grande diferença quanto a sentença do médico ou não…

Lyllyan

Fonte: Terra

Fonte: Lyllyan em http://newspressrelease.wordpress.com/2011/10/28/propofol-dado-a-michael-jackson-reduziria-ansiedade-e-insonia/

Minha consideração:

Eu sabia que o Propofol já foi usado para enxaqueca, mas essa da ansiedade e insônia é nova para mim, são poucas as pessoas que usaram Propofol para enxaqueca, mas usaram, então isso que estão falando no julgamento é novo para mim! Beijos Marila Hoppe


28/10/2011 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário

Família Hilton.


Créditos: Lyllyan. Beijos Marila Hoppe

Família de Paris Hilton vai ao julgamento em apoio a família Jackson

 Olá,

A mãe da Paris Hilton, Kathy Hilton, compareceu no julgamento no dia de hoje, 28/10/11, para demonstrar o apoio da família Hilton para a família de Michael Jackson.

1028_kathy_hilton_micheal_jackson_EX

A família Hilton ter uma conexão de longa data com a família Jackson. Kathy estudou com Michael Jackson numa escola particular quando ela tinha 13 anos e ele tinha 14 anos.

As famílias se conhecem há décadas. Kathy foi ao UCLA Medical Center para ver Michael e lhe dizer o seu último adeus. Ela disse que na verdade coçou a cabeça, braços e pernas, ele estava deitado na maca.

Kathy escolheu o dia de hoje porque provavelmente será o último dia de depoimentos no julgamento.

O seu marido Rick Hilton também está presente.

Amizade é isto!!! Nas horas boas e nas ruins.

Lyllyan

Fonte: TMZ

Fonte: Lyllyan em http://newspressrelease.wordpress.com/2011/10/28/familia-de-paris-hilton-vai-ao-julgamento-em-apoio-a-familia-jackson/

Minha consideração:

É legal ver o apoio da família Hilton para a família de MJ, os amigos têm que estar juntos em todas as horas e momentos, eu gostei deles terem ido dar o seu apoio! Beijos Marila Hoppe


28/10/2011 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário

Novo rumo no julgamento de Conrad Murray.


Créditos: Lyllyan. Beijos Marila Hoppe

Julgamento do médico de Michael Jackson toma novo rumo

 Olá,

A batalha entre peritos no julgamento de Conrad Murray, médico de Michael Jackson acusado pela morte do cantor, tomou um novo rumo na noite desta quinta-feira, quando os advogados da defesa apresentaram como prova uma simulação de computador programada por um especialista médico. O software teria produzido novos dados sobre o que matou o astro pop.

Surpreendida pela nova alegação, a acusação pediu ao juiz um novo prazo para estudar o software usado por Paul White, médico especialista no anestésico propofol, que teria provocado a morte de Michael Jackson. Embora tenha mantido o testemunho de White para esta sexta, a promotoria da Califórnia terá até segunda-feira para analisar as informações produzidas pelo programa de computador.

– Este é um material extraordinariamente complicado – disse juiz Michael Pastor. Comentaristas jurídicos opinam que, com o prazo extra, o julgamento deve ficar ainda mais atrasado.

Michael Jackson faleceu em 25 de junho de 2009 em sua mansão em Los Angeles, Califórnia. Segundo testemunhas, ele estava sob os cuidados de seu médico Conrad Murray, que tentou ressucitá-lo sem sucesso.

A causa da morte foi decretada pela polícia como sendo uma overdose do analgésico propofol, administrado por Murray. O médico está sendo julgado por assassinato involuntário, e se declara inocente.

dr-steven-shafer-diz-que-e-dificil-saber-os-efeitos-do-propofol-em-michael-jackson

A acusação trouxe o Dr. Steven Shafer que também é especialista em Propofol e ele não conhecia o programa de computador que simula estes novos dados? Então o Dr. Steven não é tão especialista assim…

Dois especialistas no mesmo assunto que é o Propofol e nenhum diz a mesma língua, como pode isto?

Lyllyan

Fonte: O Globo

Fonte: Lyllyan em http://newspressrelease.wordpress.com/2011/10/28/julgamento-do-medico-de-michael-jackson-toma-novo-rumo/

Minha consideração:

Esse julgamento está cansativo por causa das aulas que eles dão de farmacologia, parece que estamos na faculdade vendo o professorar ensinar, mas mesmo assim não consigo entender nada, porque cada um desses professores dizem algo diferente do que nós naturalmente aprendemos sobre esses remédios! Vamos ver no que tudo vai dar!  Beijos Marila Hoppe


28/10/2011 Posted by | Uncategorized | 10 Comentários