Michael Joe Jackson Nós Te Amamos!

Nós Te Amamos!

Conrad Murray voltou a trabalhar!


Créditos: G1 . Beijos Marila Hoppe

12/03/2014 08h07 – Atualizado em 12/03/2014 08h18

Médico preso pela morte de Michael Jackson volta a trabalhar, diz site

Segundo o TMZ, Conrad Murray se voluntariou para tratar crianças doentes.
Condenado em 2009, ele cumpriu pena de 2011 a 2013 nos EUA.

conrad_2711

O médico cardiologista Conrad Murray, condenado pela morte de Michael Jackson, em 25 de junho de 2009, vai voltar a trabalhar em seu ramo. As informações são do TMZ.

Segundo o site, Murray se voluntariou ao Ministério de Saúde de Trinidad e Tobago para cuidar de crianças com problemas no coração em hospitais locais. Sua licença médica foi revogada no Texas e suspensa na Califórnia e em Nevada, nos EUA.

O médico foi mandado para a prisão em novembro de 2011, em Los Angeles, na Califórnia, depois que um júri determinou que ele foi o responsável direto pela morte de Jackson. Segundo a sentença emitida na época, Murray cometeu negligências graves no cuidado de seu paciente, erros que foram tipificados como “homicídio culposo”, quando não há intenção de matar. Murray foi solto em outubro de 2013 após ter cumprido quase a metade de sua pena de quatro anos.

Michael Jackson morreu por uma overdose de anestésicos que usava para dormir, remédios estes que lhe eram fornecidos por Murray. O cardiologista havia sido contratado em acordo com a promotora AEG como médico particular do cantor, para acompanhá-lo em Londres, onde voltaria aos palcos em julho de 2009, com a turnê “This is it” – que acabou virando apenas um documentário póstumo.

Fonte: G1 em http://g1.globo.com/musica/noticia/2014/03/medico-preso-pela-morte-de-michael-jackson-volta-trabalhar-diz-site.html

Minha consideração:

Eu havia colocado o link em uma das matérias da Lyllyan aqui no blog, mas gostaria de comentar sobre isto.  O Conrad Murray voltou a trabalhar,  e dessa vez vai ser cardiologista de  crianças, sendo que ele tenha “matado” o Michael Jackson e que todo o mundo pensa que Michael “morreu” nas mãos de Conrad Murray, nenhum mãe levaria seu filho para uma consulta com Murray, se realmente tivesse acontecido algo, acredito que Murray nunca mais iria trabalhar, ainda mais com crianças, e iriam ter revogado a licença médica de Murray em todos os lugares que ele pudesse trabalhar, inclusive nesses que são citados na notícia, e tem que muitos o conhecem e não iriam querer uma consulta com ele, não iriam nem marcar, outra notícia que saiu foi que Murray teria levado seu filho passear em um espetáculo de Topless,  como vocês podem ver no link abaixo:

http://newspressrelease.wordpress.com/2014/03/06/conrad-murray-leva-familia-para-ver-espetaculo-de-topless/

Acredito que se algo tivesse acontecido, ele teria sido linchado, teria sido agredido na rua após sair com a família e passear, eu penso que seria isso, que é o que os fãs de Michael queriam fazer quando acompanhamos todo o julgamento, mas isso nós nunca vemos acontecer, assim como nunca o vimos com roupas da cadeia, e outra, aqui no Brasil quando acontece algo, o assassino é linchado na rua, é xingado e tudo mais, mas nas notícias que acompanhamos sobre Conrad Murray nunca vemos algo parecido acontecer, isso que é nos EUA, lá que é tudo de primeiro mundo, eu não sei dizer se o Dr. George C. Nichopoulos, médico de Elvis Presley voltou a clinicar depois da “morte” de Elvis Presley.  Mas nessa história de Murray e Michael tudo parece um espetáculo, um filme, aliás O MAIOR ESPETÁCULO DO MUNDO!  E se algo tivesse acontecido o Murray nunca mais iria voltar a trabalhar, assim como Oliver O’Quinn que matou Michelle Herndon em 2005 com Propofol e foi preso em 2006 e nunca mais vai poder voltar a trabalhar, a prisão de Murray foi diferente da de Oliver, Murray ficou preso por dois anos e Oliver teve prisão perpétua sem direito a condicional, o homicídio foi qualificado e Oliver nunca mais vai poder sair da cadeia.  Uma coisa que quero deixar claro também é que  eu não estou brincando com o caso de Michelle, eu estou apenas fazendo uma comparação porque os dois casos são iguais pelo uso do Propofol.  Ainda sou uma Believe e continuarei sempre. Beijos Marila Hoppe

Links de Oliver e Michele:

http://michaeljoejacksonvivo.com/2010/12/07/medical-detectives-agulha-no-palheiro/

http://michaeljoejacksonvivo.com/2011/08/21/video-do-caso-michelle-herndon/

OBS: O vídeo não está mais no YOUTUBE porque o canal que fez o programa MEDICAL DETECTIVES pediu direitos autorais e o YOUTUBE me pediu para tirar do ar, eu o tirei do ar.

16/03/2014 Posted by | Uncategorized | 4 Comentários