Michael Joe Jackson Nós Te Amamos!

Nós Te Amamos!

A volta de Conrad Murray ao Trabalho.


Créditos: Pri Abrantes. Beijos Marila Hoppe

Conrad Murray volta a trabalhar

17 de março de 2014

0311-conrad-murray-composite-getty-1

Olá mundo!

Como todos já sabem pelo próprio título, Conrad Murray voltou a trabalhar e ponto.

Ponto, ponto, ponto […]

Não vamos mais tentar dar continuidade a isso, até porque isso já perdeu a “graça”

O fato é que o senhor tão amado por todos, está de volta ao cenário, porém agora cuidando de criança.

Criança. Oi?

Sim, crianças. Seres humanos tão amados e venerados por Michael Jackson, que por ironia do destino morreu por um erro do novo médico favorito das crianças. Que azar!

crianças = Michael Jackson

Até as pedras da rua sabem disso.

O mais engraçado de tudo isso, além de ter tido a sua licença revogada no Texas, é que o governo dos EUA quer ajuda de Murray para o tratamento dessas crianças.

Mas perai! O governo não deveria proteger as crianças?

Isso soa tão f! 

Momento ideal para perguntar: – Por que tão sério?

Vale lembrar que o primeiro contato de Michael com Murray, foi quando o cantor levou seu próprio filho para uma consulta com o médico-ator, e agora ele voltou para cuidar de crianças.

Pois bem,

A matéria saiu da TMZ, que também aproveitou para finalizar a matéria com ironia.

Globo.com

Depois de ser acusado e condenado pela morte do cantor Michael Jackson, o médico Conrad Murray poderá voltar a exercer a sua profissão. De acordo com o site americano TMZ, ele irá trabalhar em um hospital como voluntário. Cuidará de crianças com problemas cardíacos.

Conhecido por ser um cardiologista respeitado entre os médicos americanos e amado por muitos de seus pacientes, Murray teve sua licença médica revogada no Texas e suspensa na Califórnia e em Nevada, nos EUA. O médico foi solto em outubro de 2013, na Califórnia, após cumprir pena por negligências médicas grave. Na época, ficou provado que Michael Jackson morreu após uma overdose de anestésicos e de remédios controlados.

TMZ:

Verdade seja dita … Murray era um cardiologista bem sucedido nos EUA, amado por muitos de seus pacientes.  Apenas um defeito em seu registro,  você sabe..

“Você sabe..” 

:icon_rolleyes::icon_rolleyes::icon_rolleyes:

amado por seus pacientes + trabalho voluntário = imagem de um bom médico.

problemas cardiácos = Michael Jackson

Acha mesmo que isso é “normal”? O médico cuidar de crianças com problemas cardiácos, o qual foi a razão de um dos seus pacientes morrerem?

Não, isso não é uma piada.

Também queria aproveitar para ressaltar que Dr. Nick; médico de Elvis Presley; foi inocentado da morte do Rei do Rock (piada), mas perdeu sua licença em 1995 depois de confirmarem que ele prescreveu muitos remédios causadores de dependência para outros pacientes, inclusive o  astro do rock’n roll Jerry Lee Lewis.

Ou seja: em 1995 eles finalmente perceberam que ele tornava os pacientes viciados, mas a morte de Elvis não foi o suficiente para provar isso na época. Hah!

“Você sabe..” 

Como podemos ver, o elevado grau de seriedade em ambas as mortes é tão chocante, que chega a assustar até os não fãs desses cantores.

Nós sabíamos que Murray já deveria ter saído da cadeia faz muito tempo, mas somente ano passado ele finalmente foi libertado. Agora o próprio governo colocar a vida de crianças nas mãos de um “assassino”, já que foi isso que foi dito no tribunal, chega a ser piada não apenas do dia, mas do ano. Ainda mais sendo o assassino de um astro da música.

Enfim,

Mas e a morte de Michael Jackson? Quem se importa?

Como a TMZ disse: “apenas um erro, você sabe..”

Não há fatos eternos, como não há verdades absolutas

Michael is alive! :icon_geek::icon_geek:

Fonte: Pri Abrantes em http://mulheresluxo.wordpress.com/2014/03/17/8028/

Minha consideração:

É o que eu já disse, aconteceu a mesma coisa com Michelle Herndon em 2005, ela foi assassinada com propofol pelo amigo enfermeiro chamado Oliver O’Quinn que em 2006 foi condenado a Prisão perpétua sem direito a condicional por homicídio qualificado, já com Michael Jackson aconteceu de o seu assassino Conrad Murray ficar dois anos na cadeia e ser solto, e ainda o mais incrível voltar a trabalhar com crianças que Michael ama tanto, incrível, não? Por isso que ainda sou believe, se Conrad Murray tivesse realmente matado Michael Jackson, ele teria pego uma prisão perpétua por crime qualificado e sem direito a condicional, nos dois casos, tanto de Michelle, quanto  o de Michael Jackson, ambos receberam propofol em doses altas em suas casas, em suas camas. Michael is alive, Michael está vivo para mim!  Não estou brincando com o caso de Michelle, porque Michelle realmente morreu em 2005, que ela descanse em paz. Beijos Marila Hoppe

Anúncios

28/03/2014 - Posted by | Uncategorized

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: