Michael Joe Jackson Nós Te Amamos!

Nós Te Amamos!

Lindo depoimento de Madonna sobre Michael Jackson em 2009.


Um depoimento emocionante que a Madonna fez sobre o Michael Jackson, na realidade, mesmo eu sendo believer me emocionei muito, porque ela foi muito sincera no que falou e gostei muito.

Grata!

Michael Jackson

Eu tenho que dizer mais que isso.

Michael Jackson nasceu em agosto de 1958, e eu também. Michael Jackson cresceu no subúrbio do Meio-Oeste, e eu também. Michael Jackson teve oito irmãos e irmãs – e eu também. Quando Michael Jackson tinha 6 anos, ele se tornou um superstar e talvez a criança mais adorada do mundo. Quando eu tinha 6 anos, minha mãe morreu.

Eu não tive mãe, mas ele nunca teve infância. E, quando você nunca teve algo, você se torna obcecado por isso. Eu passei minha infância buscando a imagem de minha mãe; e às vezes até conseguia. Mas como você faz para recriar sua infância quando você está sob os olhares do mundo para o resto de sua vida?

Não há dúvidas de que Michael Jackson foi um dos maiores talentos que este mundo já teve a chance de conhecer. De que quando ele cantava uma música aos 8 anos de idade, ele era capaz de fazer com que você sentisse como se um adulto estivesse apertando seu coração com suas palavras. De que o modo como ele dançava tinha a mesma elegância de Fred Astaire e o mesmo impacto de um soco de Muhammad Ali. De que sua música possuía uma camada extra de magia inexplicável, que não só fazia você querer dançar, mas que na realidade conseguia fazer você acreditar que era capaz de voar, de ousar sonhar, de ser tudo o que quisesse ser. Porque é isso que os heróis fazem. E Michael Jackson foi um herói.

Ele se apresentou em estádios de futebol ao redor do mundo, vendeu centenas de milhões de discos, jantou com primeiros-ministros e presidentes. As garotas se apaixonavam por ele, os garotos se apaixonavam por ele, todos queriam dançar como ele. Ele parecia ser de outro mundo, mas ele era também um ser humano. Assim como a maioria dos artistas, ele era tímido e inseguro.

Não posso dizer que éramos grandes amigos, mas em 1991 eu decidi que queria conhecê-lo melhor. Convidei-o para jantar. Eu disse, ‘O convite é meu, eu dirijo, só você e eu’. Ele concordou e apareceu na minha casa sem qualquer guarda-costas. Fomos até o restaurante no meu carro. Estava escuro, mas mesmo assim ele usava óculos escuros. Eu disse, ‘Michael, me sinto como se estivesse conversando com uma limusine. Será que você poderia tirar esses óculos para que eu possa ver seus olhos?’. Ele ficou parado por alguns instantes, e então atirou seus óculos pela janela, olhou para mim sorrindo, piscou e disse, ‘Consegue me ver agora? Melhor assim?’.

Naquele momento fui capaz de enxergar tanto sua vulnerabilidade quanto seu charme. Passei o resto do jantar tentando convencê-lo a comer batata frita, beber vinho, comer sobremesa e dizer palavrões, coisas que ele parecia jamais se permitira fazer. Mais tarde, voltamos para minha casa para assistir filme e ficamos sentados no sofá feito duas crianças. Em algum momento do filme, sua mão segurou a minha. Ele parecia estar procurando uma pessoa amiga e não um romance e fiquei feliz por estar ali. E naquele instante ele não se sentiu um superstar, ele se sentiu um ser humano. Nós saímos juntos mais algumas vezes e, por algum motivo, perdemos o contato.

Foi então que começou uma verdadeira ‘caça às bruxas’ na vida de Michael, com uma história surgindo após a outra. Eu senti a dor dele. Eu sei como é andar na rua e sentir como se o mundo todo estivesse contra você. Eu sei como é se sentir desamparado e incapaz de se defender, porque o barulho é tão alto que você se convence de que sua voz jamais será ouvida. Mas eu tive uma infância, e tive a chance de cometer erros e de descobrir meu caminho no mundo sem a luz dos holofotes.

Quando soube da morte de Michael Jackson eu estava em Londres, alguns dias antes do início da minha turnê. Michael ia se apresentar no mesmo local que eu, uma semana depois. Naquele instante, só consegui pensar que eu o havia abandonado. Que nós o havíamos abandonado. Que havíamos permitido que aquela criatura magnífica, que um dia agitou o mundo, caísse enquanto tentava construir uma família e reconstruir sua carreira. Estávamos ocupados demais fazendo julgamento. A maioria de nós lhe deu as costas.

Em uma tentativa desesperada de manter sua memória viva, fui para a internet assistir alguns de seus vídeos em que ele aparecia cantando e dançando na TV e nos palcos e pensei: ‘Meu Deus, ele era tão único, tão original, tão raro. E jamais haverá alguém como ele novamente’. Ele era um rei. Mas ele também era um ser humano. E nós as vezes precisamos perder algo para aprender a dar valor.

Quero concluir de forma positiva, e dizer que meus filhos de 9 e 4 anos são obcecados por Michael Jackson. Eles o imitam com os passos ‘moonwalker’ e colocando a mão na virilha, e parece que há uma nova geração descobrindo sua genialidade e trazendo-o de volta à vida. Espero que, onde quer que Michael esteja agora, ele esteja sorrindo a respeito disso.

Sim sim, Michael Jackson era um ser humano, mas ele era sim um rei. Vida longa ao Rei.

Eu espero que tenham gostado, porque foi muito emocionante, eu me emocionei!  E temos que mostrar ao mundo que Michael Jackson é inocente e é o REI DO POP, a rainha disse tudo! Beijos Marila Hoppe

16/11/2014 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário

Madonna defendendo Michael Jackson em 2003.


Eu quero compartilhar com todos vocês um vídeo em que a cantora Madonna defende o Michael Jackson em 2003, porque ela sabe que ele nunca abusou dessas crianças todas e tudo o que aconteceu foi invenção para prejudicar ao nosso amado Rei Michael Jackson.

Eu espero que tenham gostado desse vídeo, porque ela sabe que ele nunca foi molestador de crianças, e que Michael Jackson é e sempre foi inocente. Beijos Marila Hoppe

16/11/2014 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário

Wade Robson quer Arvizo no seu processo contra Michael Jackson.


Créditos:Lyllyan . Beijos Marila Hoppe

Wade Robson quer que Gavin Arvizo deponha ao seu favor no processo contra Michael Jackson

Olá,

O homem que Michael Jackson supostamente molestou quando criança é “como os cartões empilhados”, ao pensar se ele vai cooperar com a ação judicial pedente sobre abuso sexual contra o espólio de Michael Jackson, uma fonte disse ao National Enquirer.

Getty Images

Gavin Arvizo, tinha apenas 15 anos quando ele testemunhou em um julgamento criminal em que Michael Jackson supostamente abusou sexualmente dele. Uma década depois, Wade Robson, que se tornou a principal testemunha de defesa de Michael Jackson quando ele disse que nunca presenciou nada de errado no rancho Neverland, agora quer que Gavin Arvizo seja sua testemunha.

Os jurados do Tribunal de Santa Barbara, Califórnia, considerou Michael Jackson não culpado de todas as 10 acusações em 2005, em parte por causa do testemunho de Wade Robson. Mas dançarino e coreógrafo desmentiu seu depoimento no ano passado, quando ele entrou com uma ação civil contra o espólio de Michael Jackson por danos que ele alega ter sofrido por ter sido repetidamente violentado e sodomizado pelo cantor durante um período de sete anos na década de 1990.

Robson, de 32 anos, agora está pleiteando com Arvizo para testemunhar a seu favor em um julgamento que poderia ser realizada em Los Angeles no próximo ano.

“Gavin é uma pessoa especial”, uma fonte sobre Gavin para o Enquirer . “Ele pode apenas cooperar com Wade para finalmente provar o que Michael Jackson fez para ele.”

Jordan Chandler, cuja família entrou com uma ação de abuso sexual contra Michael Jackson, há duas décadas, também está indeciso sobre um pedido dos advogados de Robson para ajudar na nova ação judicial, disse um amigo.

O caso Chandler terminou com um acordo confidencial, que incluiu um pagamento $ 20 milhões para a família em 1994.

Chandler se recusou a ajudar os promotores, em 2005, no julgamento de Arvizo.

O advogado da propriedade de Michael Jackson, Howard Weitzman insiste que não há conversações de paz em curso e “não haverá qualquer acordo. “.

Se Jordan Chandler resolver depor mais uma vez mentindo sobre o que nunca aconteceu é porque de fato ele nunca teve vergonha na cara… É possível que desta vez ele apanhe de muitos fãs de Michael Jackson…

Este Wade Robson não desiste nunca…

Lyllyan

Fonte: Radar Online

Fonte: Lyllyan em http://newspressrelease.wordpress.com/2014/11/13/wade-robson-quer-que-gavin-arvizo-deponha-ao-seu-favor-no-processo-contra-michael-jackson/

Links da Lyllyan:

http://newspressrelease.wordpress.com/2014/11/03/ex-procurador-michael-jackson-tom-sneddon-morreu/

http://newspressrelease.wordpress.com/2014/11/07/ele-era-um-cara-engracado-diz-coreografo-de-michael-jackson/

http://newspressrelease.wordpress.com/2014/11/08/avidos-tubaroes-visando-prince-jackson-antes-de-ele-completar-18-anos/

http://newspressrelease.wordpress.com/2014/11/11/desenhos-secretos-de-michael-jackson-revelam-referencias-ao-controle-mental/

http://newspressrelease.wordpress.com/2014/11/11/dr-arnold-klein-continua-se-arrastando-com-seu-pedido-de-falencia/

http://newspressrelease.wordpress.com/2014/11/12/nostalgica-madonna-posta-foto-ao-lado-de-michael-jackson/

http://newspressrelease.wordpress.com/2014/11/13/coreografo-de-michael-jackson-e-recebido-por-celebridades-em-sao-paulo/

http://newspressrelease.wordpress.com/2014/11/13/zabel-goulart-imita-michael-jackson-em-foto/

http://newspressrelease.wordpress.com/2014/11/13/brooke-shields-relata-seu-amor-por-michael-jackson/

Minha consideração:

Esse Wade Robson é um demente, ele não sabe o que diz, e tudo o que ele quer é ganhar dinheiro com o Michael Jackson, porque ele sabe que Michael ganhou muito dinheiro depois de 2009, infelizmente sempre vão existir esses urubus para cima de Michael, ainda estou ofendendo os urubus!  Tomara que esse Arvizo não aceite o convite, e tomara que Wade perca todos os processos, porque Michael Jackson nunca foi pedófilo, ele nunca abusou dessas pessoas e isso é invenção do Wade, porque ele não tem mais fama em sua carreira! Beijos Marila Hoppe

16/11/2014 Posted by | Uncategorized | 2 Comentários